nsc

publicidade

Futebol

JEC apresenta mais três contratações para o Campeonato Catarinense

Laterais Arêz e Tiago Costa e meia Leandro Bulhões não vão participar do jogo-treino deste sábado contra o sub-20 do Avaí

07/12/2018 - 19h49

Compartilhe

Elton
Por Elton Carvalho
Com Arêz (E), Leandro e Tiago, JEC soma oito contratações para o Estadual
(Foto: )

O Joinville apresentou na tarde desta sexta-feira os laterais Arêz, Tiago Costa e o meia Leandro Bulhões. O tempo de contrato dos atletas do trio, contratado para o Campeonato Catarinense, não foi revelado. Nenhum deles, no entanto, estará à disposição o jogo-treino deste sábado, às 16h, no CT do Morro do Meio, contra o sub-20 do Avaí.

O lateral-direito Arêz, 24 anos, defendeu o ABC nas duas últimas temporadas. Ele já exerceu outras funções nas equipes pelas quais passou, especialmente no meio-campo. Na chegada, falou que ainda está se adaptando à lateral direita.

— Procuro desempenhar meu trabalho na marcação. Estou me adaptando na lateral e, aos poucos, estou me adaptando e procurando fazer o melhor na função — afirmou.

O lateral-esquerdo Tiago Costa, 31 anos, teve passagem destacada pelo Santa Cruz - jogando na Série B. Depois, rodou pelo Náutico, onde jogou a Série C, e também esteve em clubes como o Ceará, Volta Redonda e Chapecoense. No JEC, reencontrará o técnico Zé Teodoro, com quem trabalhou no Nordeste.

—Para mim, é uma oportunidade boa trabalhar com Zé Teodoro mais uma vez. Sou experiente e pretendo ajudar ao máximo — disse.

Leandro Bulhões, de 27 anos, estava no Goiânia, mas o meia também jogou por Vila Nova, Goiás, Aparecidense e Anápolis. Na entrevista, revelou que atua melhor como volante.

— Sou um volante de bastante marcação, dedicado, aguerrido, que gosta marcar mais que jogar, mas vou chegar na frente. Vou procurar atender o que o treinador vai pedir.

Com os três, o JEC agora soma oito reforços para o Estadual — antes, foram confirmados o zagueiro Eduardo Melo, os volantes Clécio e João Ananias, o meia Robert e o atacante Jeferson Caxito.

Deixe seu comentário:

publicidade