nsc

publicidade

Futebol

JEC encara o Tubarão sem grandes mudanças na escalação do time

Técnico Fabinho Santos tem apenas uma dúvida no setor de meio-campo da equipe

17/02/2017 - 19h22 - Atualizada em: 17/02/2017 - 19h34

Compartilhe

Por Redação NSC
Fabinho gostou do desempenho do JEC na quarta
Fabinho gostou do desempenho do JEC na quarta
(Foto: )

A fase do Joinville está longe de ser extraordinária no Campeonato Catarinense. No momento, o Tricolor ocupa a oitava colocação, com seis pontos e apenas uma vitória na competição. No entanto, o bom resultado diante do Comercial - acompanhado por uma atuação que agradou - motiva o técnico Fabinho Santos a manter a mesma equipe vitoriosa em Campo Grande (MS).

No discurso da entrevista coletiva desta sexta-feira, ele indicou que a base daquele time estará em campo neste sábado, às 19h30, contra o Tubarão, no Sul do Estado.

A única dúvida está no setor de ataque. Lúcio Flávio, poupado no Mato Grosso do Sul por precaução devido à condição do gramado do Estádio Morenão, retornará ao meio-campo do Tricolor.

Deste modo, fica a dúvida em relação ao posicionamento de Aldair. Se atuar aberto pelo lado esquerdo, ele ocupará a vaga de Juninho, titular na noite de quarta-feira.

Outra opção é manter Aldair como centroavante. Neste caso, quem perderia a vaga na equipe seria o atacante Ciro. Independentemente da posição, Aldair, artilheiro do JEC nesta temporada, estará em campo.

- Precisamos pensar como encaixar o Aldair aí (neste esquema). Ele é o nosso artilheiro, um jogador que tem que estar em campo porque vive um momento especial - afirmou Fabinho Santos.

Quem também será mantido é o zagueiro Igor. Ele foi improvisado na lateral direita, agradou e não sairá do setor, embora Danrlei, companheiro de posição, esteja retornando ao grupo depois de se recuperar de uma lesão muscular.

- O Igor fez um bom trabalho e tem se esforçado bastante. Pretendemos começar com ele, mas estamos avaliando cada atleta para saber o que podemos fazer neste jogo.

Respeito ao adversário

Além da escalação da equipe, Fabinho falou sobre o momento do Tubarão no Campeonato Catarinense. Por enquanto, o adversário deste sábado não venceu no Estadual - em cinco jogos, perdeu quatro vezes e empatou uma.

O favoritismo atribuído ao JEC é deixado de lado pelo comandante, que pregou muito respeito à equipe do Sul do Estado e adotou um discurso cauteloso nesta sexta-feira.

- Todos esperam que o Joinville vença. Nós queremos isso, mas sabemos que não é fácil. Quando se joga com uma equipe que não ganhou, se pensa que será fácil, mas teremos de lutar bastante para ganhar do Tubarão - concluiu.

O duelo deste sábado abre a sexta rodada do Campeonato Catarinense. Os demais jogos (quatro) ocorrerão na manhã/tarde deste domingo.

Deixe seu comentário:

publicidade