nsc

publicidade

AN Portal

Jefferson Saavedra: reajuste da tarifa de água será maior e vai chegar antes para o consumidor joinvilense

Medidas foram aprovadas nesta segunda-feira pelo Conselho Municipal de Água e Esgoto

22/12/2015 - 05h06

Compartilhe

Por Redação NSC

Maior, o reajuste da tarifa de água em Joinville vai chegar antes. Em decisão já tomada, será aplicado aumento de 8,91%, válido para janeiro, com as contas vencendo no início de fevereiro. Pela revisão tarifária aprovada em abril do ano passado, a água iria ser reajustada em 5,63% em maio - mês tradicional da mudança nas tarifas - do ano que vem.

O índice maior e a antecipação foram aprovados na manhã desta segunda-feira pelo Conselho Municipal de Água e Esgoto após solicitação da Águas de Joinville à Amae, a agência municipal de regulação do saneamento (a companhia queria um índice maior). A alegação para concessão dos 8,91% em janeiro em vez dos 5,63% em maio foi o aumento dos insumos, em especial da energia elétrica, e também a não confirmação de receitas que seriam geradas pela ampliação da rede de esgoto.

Se fosse mantido o percentual original, a companhia fecharia o ano que vem com prejuízo de R$ 11 milhões, segundo os estudos apresentados à Amae. O decreto será assinado pelo prefeito Udo Döhler nos próximos dias. Já o decreto do conselho sobre o reajuste foi publicado nesta segunda.

Os motivos

Para a Prefeitura de Joinville, os riscos à capacidade de endividamento da Águas de Joinville podem ser ainda mais danosos que o eventual prejuízo no ano que vem. "A companhia vai precisar buscar recursos para os outros 50% que faltam em esgoto na cidade. Não pode perder o crédito", diz Udo. A alegação da Amae foi de que a Águas não pode ficar inviabilizada.

Investimentos

Pelo relatório da Amae sobre 2014, primeiro ano da revisão tarifária em vigor, a companhia deveria ter investido R$ 48 milhões, mas fechou o ano com apenas R$ 19 milhões - o que motivou cobranças da agência. Até o momento, a Águas de Joinville ainda não colocou seus balancetes quadrimestrais de 2015 no site.

Para 2015

Neste ano, a meta da Águas é de investir R$ 101 milhões. O plano de trabalho da nova direção tentaria aproximar o desempenho da meta.

Confira as últimas notícias sobre Joinville e região no AN.com.br

Leia outras notícias de Jefferson Saavedra

Estações

Em mudança que não aguardou a LOT, a Câmara de Joinville aprovou mudança na lei de uso e ocupação do solo para legalizar as atuais estações de esgoto de Joinvile. Na mesma legislação, foram incluídas as estações que ainda vão entrar em operação.

Relacionamento

Ainda que a base aliada tenha se reduzido em 2015 e o diálogo tenha ficado mais "trabalhoso", Udo Döhler considera satisfatória a relação com a Câmara. "Nossas mensagens foram aprovadas. O que não foi, está em compasso de espera", diz o prefeito de Joinville. A LOT, defendida pelo prefeito, ficou para 2016.

Passageiro 500 mil

Nesta quarta, vai ter solenidade para comemorar a marca meio milhão de passageiros movimentados pelo Aeroporto de Joinville. Pela primeira vez, o terminal atinge o desempenho, superando em 5% a performance do ano passado. Uma companhia aérea vai sortear, em parceria com a Infraero, uma passagem para qualquer local do País - vai concorrer quem embarcar em voo para SP (1531).

Mais atrasados

Na nova rodada da biometria em Joinville por bairros, o Bucarein ocupa a última posição, com apenas 51% já recadastrados. Boa Vista, Anita Garibaldi, Nova Brasília e Profipo estão abaixo da marca de 60%. No geral, quase 65% dos 404 mil eleitores já passaram pela biometria. O prazo vai até 22 de março.

Na liderança

Os recordistas na biometria são o Ulysses Guimarães, com 100% recadastrados, e Pirabeiraba, com 77%. Em números absolutos, o Iririú é o bairro mais atrasado, com 8,5 mil eleitores ainda a passar pela biometria. No Aventureiro, são 7,5 mil votantes a ser recadastrados.

Extra

Há um movimento para tentar realizar uma convocação extraordinária na Câmara de Joinville para aprovar o projeto de retorno do estacionamento rotativo. No pacote, pode entrar ainda a cessão de terreno da Prefeitura para o Estado instalar nova base da Polícia Rodoviária Estadual em Pirabeiraba.

Sem extra

A extraordinária seria realizada no início do ano. Em relação ao estacionamento rotativo, há praticamente consenso sobre a aprovação, só não foi adiante após "denúncias" de Levi Rioschi. Desde a década passada, quando começou a ser pago o 13º, os vereadores nada ganham pelas extraordinárias.

Por que parou

As obras de asfaltamento da Estrada Rio do Morro estão paradas à espera de acerto sobre os pontos de passagem do trem. O projeto já foi feito e só falta o aval da ALL, com definição de temas como utilização ou não de cancelas, segundo a SDR de Joinville. Em outro local, mais perto da BR-280, o traçado está sendo refeito para reduzir as desapropriações.

Tem mais vagas

Levantamento feito pela Justiça apontou 550 camas no Presídio Regional de Joinville, número maior do que o estimado. Ainda assim, há superlotação porque são 700 detentos - poucos anos atrás, chegou a ter 1,3 mil presos.

Se precisar...

Os agentes de trânsito e os guardas municipais de Joinville estão escalados em condição de plantão neste recesso: parte dos profissionais está de sobreaviso em caso de alguma eventualidade.

Drama do passageiro

Usuário do Aeroporto de Joinville faz relato de pouso que teve de ser feito em Navegantes por causa das condições do tempo, no domingo. Os passageiros tiveram de vir em micro-ônibus sem conforto. Na chegada a Joinville, o trajeto pela Santos Dumont foi demorado devido ao trânsito. Não bastasse, ainda tinha a buraqueira nas ruas.

Deixe seu comentário:

publicidade