nsc

publicidade

Coluna Portal

Jefferson Saavedra: total de crianças para adoção é dez vezes menor do que de casais em Joinville

Abrigos contam com 164 crianças e adolescentes, mas apenas 31 estão disponíveis para adoção

27/05/2016 - 04h01

Compartilhe

Por Redação NSC

Há um fosso na adoção em Joinville. Embora em torno de 300 casais estejam interessados em adotar uma criança, os 31 menores de idade aptos a ganhar uma nova família não se encaixam no perfil desejado por causa da idade: todos passaram de oito anos e parte deles já tem mais de 12 anos. Há irmãos biológicos no grupo. Se não forem adotados, possibilidade provável, os menores ficarão abrigados em instituições até completar 18 anos de idade.

Os abrigos de Joinville contam com 164 crianças e adolescentes, mas apenas 31 estão disponíveis para adoção porque já houve conclusão do processo de destituição do pátrio poder pelos pais biológicos. No Estado de Santa Catarina, são 206 crianças aptas para adoção, segundo o cadastro do Conselho Nacional de Justiça. Pelo mesmo levantamento, são 2,2 mil pretendentes a adotar.

Leia mais notícias de Joinville e região.

Confira outras colunas de Jefferson Saavedra.

Vez de São Chico

As tainhas foram capturadas na manhã de ontem, na praia de Itaguaçu (foto), colocando São Francisco do Sul no mapa da excelente safra do peixe neste ano. Na Praia do Forte, entre outros pontos da ilha, também foi pego um cardume.

Aval para ressonância

A contratação de empresa para se instalar no Hospital Municipal São José para realização de exames de ressonância magnética terá de passar pela Câmara de Joinville. A Prefeitura deve confiar na aprovação, afinal, a concorrência de R$ 2,7 milhões por contrato de um ano já foi aberta.

Luz no batalhão

João Carlos Gonçalves quer instalação de mais iluminação na quadra do 62º Batalhão de Infantaria, em Joinville, espaço muito usado para caminhadas. O vereador também acha que a iluminação da Via Gastronômica, ao longo da Visconde de Taunay, precisa ser substituída.

Queda

Pelo relato da secretária Francieli Schulz (Saúde) na Câmara de Joinville, a fila de espera pelas consultas especializadas chegou a um pico de 134 mil pacientes, ainda durante o governo Udo, e agora está em 79 mil. A maior oferta de atendimento ajudou na redução, mas o recadastramento também deu sua colaboração.

Cirurgias

A maior dificuldade estaria nas cirurgias eletivas, ainda na faixa perto de 9 mil pacientes à espera de atendimento mesmo número de 2015. Nesse caso, a Secretaria de Saúde de Joinville tenta terceirizar a responsabilidade, cobrando ajuda do Estado - que, por sua vez, faz o mesmo, remetendo a tarefa para o governo federal.

Só 65 anos

Depois de sete anos de disputa judicial, o Superior Tribunal de Justiça sepultou de vez a tentativa de Joinville de retomar o gratuidade no transporte coletivo a partir dos 60 anos. Hoje, a passagem é de graça de 65 anos em diante. O recurso do município contra a derrubada do decreto de 2009 foi arquivado pelo tribunal. A ação havia sido apresentada pelo sindicato das empresas.

Atrás do DEM

Após fechar acordo com o Pros, com a cessão do comando da Secretaria de Assistência Social, Udo Döhler tem agora o DEM como alvo. Ontem foi feito novo contato, e na semana que vem haverá nova reunião com o partido - que, por sua vez, tem conversado também com Marco Tebaldi.

Sem indenização

A Justiça negou pagamento de indenização à Prefeitura de Joinville em ação de 2009 contra cidadão que demoliu construção na rua Jaguaruna. A casa está em processo de tombamento. O dono do imóvel alegou ter sido informado somente após o imóvel ter sido demolido. A derrubada foi feita porque a construção apresentava risco de ruir. O Judiciário lembrou que segurança e saúde têm maior interesse público.

Cresce mais

Entre as cidades da região de Joinville, Araquari é mais badalada por causa do crescimento econômico, mas é em Barra Velha que o avanço da população está se mostrando mais rápido. Basta observar o cadastro eleitoral: a cidade litorânea ganhou 4 mil eleitores em relação à eleição municipal passada. Como o censo é realizado somente de dez em dez anos, o cadastro eleitoral costuma adiantar as mudanças populacionais.

Acesso

Em Araquari, onde o colégio eleitoral era equivalente ao de Barra Velha há quatro anos, foram registrados 2,5 mil votantes a mais nesse intervalo. Agora, Barra Velha tem 21 mil eleitores. Para o prefeito Claudemir Matias (PSB), a facilidade de acesso faz com trabalhadores de empresas situadas na BR-101, ainda que localizadas em outros municípios, prefiram Barra Velha.

Carlito pré-candidato

Não chega a ser uma surpresa, mas agora o PT admite a pré-candidatura de Carlito Merss a prefeito de Joinville. Em convite distribuído pelas redes sociais, o lançamento da pré-candidatura será no dia 1º, na Casa Vermelha, como é conhecido o escritório do ex-prefeito. Será lançada em Joinville uma carta de apoio à nome do petista.

O que foi feito

Uma das estratégias da campanha é mostrar que a gestão Carlito foi "realizadora". Também está nos planos fazer comparações com o governo Udo e apontar que eventual promessas não cumpridas da administração do PMDB não podem ser atribuídas à crise ou heranças de governos anteriores. Carlito, prefeito entre 2009 e 2012, concorre pela sétima vez.

Iluminação

Pelo jeito, a rodoviária de Joinville está ganhando nova iluminação. Os novos postes, com LED, estão sendo instalados em um terminal no qual a escuridão toma boa parte do espaço.

Escalas

A Sociedade Joinvilense de Medicina (SJM) defendeu ontem que os médicos tenham o intervalo garantido durante a jornada e destacou a sobrecarga de trabalho dos profissionais no SUS. A entidade também solicitou à Secretaria da Saúde dados sobre as escalas de plantão e do cumprimento da legislação.

Pode assumir

Adilson Mariano perguntou à Prefeitura de Joinville se a Águas de Joinville não pode assumir também a coleta de lixo. Se um dia isso acontecer, ainda vai tempo.

Ainda muito tempo

O atual contrato com Ambiental foi assinado em 2002 e pode ser prorrogado três vezes, por até dez anos. A primeira prorrogação é de 2012. Portanto, vai até 2022, pelo menos. Mas dá para ir adiante.

Ainda mais tempo

A formação somente nesta semana de comissão para mais estudos sobre o tema mostra o quanto ainda falta para ser lançado o edital do estacionamento rotativo, serviço suspenso em Joinville desde 2013.

Deixe seu comentário:

publicidade