publicidade

Esportes
Navegue por

Na Guarda

Jéssica Andrade fatura o cinturão do UFC aplicando o "bate-estaca"

Apelido da lutadora foi utilizado para sair com a vitória diante de Rose Namajunas no Rio

12/05/2019 - 19h10 - Atualizada em: 12/05/2019 - 20h00

Compartilhe

Jorge
Por Jorge Jr.
Jéssica levantou e cravou Namajunas no chão
Jéssica levantou e cravou Namajunas no chão
(Foto: )

O Brasil tem mais um cinturão do UFC. Na madrugada deste domingo, no UFC 237, no Rio de Janeiro, Jéssica "Bate-Estaca" Andrade venceu Rose Namajunas com um "bate-estaca" no segundo round, ficando com o título na categoria peso-palha.

Jéssica não conseguiu achar a distância no primeiro round e chegou a sofrer um knockdown em uma joelhada, e o domínio de Rose ia se repetindo no segundo round. A brasileira, no entanto, já havia tirado a norte-americana do chão em outras duas oportunidades e, na terceira, gravou a adversária no chão, que caiu toda torta, até assustando por conta do pescoço, e o árbitro decretou o nocaute.

— A Rose me deu essa oportunidade de conquistar o cinturão dentro de casa, o cinturão novo, já estava namorando ele há um tempinho. Graças a Deus aconteceu. Estou muito feliz de estar aqui. Foi a maior conquista que já tive na minha carreira, graças ao mestre Paraná. Ele comentou comigo que se ela pegasse num triangulo, era para dar o bate-estaca. Quase nunca faço, mas sou boa nisso. No final, eu entrei, ele falou para livrar a cabeça, eu ergui ela e foi igual levantar uma pluma. Ela estava muito levinha e nem eu imaginava que era tão leve daquele jeito. Até então queria jogar ela de costas para trabalhar o ground and pound e aconteceu isso, mas acabou sendo melhor (risos) — disse Jéssica ao Combate.

Resultados do UFC 237

Jéssica Bate-Estaca venceu Rose Namajunas por nocaute aos 2m58s do segundo round

Jared Cannonier venceu Anderson Silva por nocaute técnico aos 4m47s do primeiro round

Alexander Volkanovski venceu José Aldo por decisão unânime (triplo 30-27)

Laureano Staropoli venceu Thiago Pitbull por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

Irene Aldana venceu Bethe Correia por finalização aos 3m24s do terceiro round

Card preliminar

Ryan Spann venceu Rogério Minotouro por nocaute aos 2m07s do primeiro round

Thiago Moisés venceu Kurt Holobaugh por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27)

Warlley Alves venceu Sérgio Moraes por nocaute aos 4m13s do terceiro round

Clay Guida venceu BJ Penn por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-27)

Luana Dread venceu Priscila Pedrita por decisão unânime (30-26, 30-26, 29-27)

Raoni Barcelos venceu Carlos Huachin por nocaute técnico aos 4m49s do segundo round

Viviane Araújo venceu Talita Bernardo por nocaute aos 48s do terceiro round

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação