nsc

publicidade

No Z4

Jogadores do Criciúma valorizam ponto e comentam atuação do goleiro do Brasil-RS

Sandro e Léo Gamalho falaram sobre as defesas de Marcão

08/10/2019 - 23h05

Compartilhe

Por Lariane Cagnini
(Foto: )

O Criciúma tentou de todos os lados e de todas as formas, mas o goleiro Marcão, do Brasil-RS, estava inspirado na noite desta terça-feira. Reserva do Xavante, ele foi para a partida pois o titular Carlos Eduardo cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. O 2 a 2 foi valorizado pelos jogadores do Tigre, em função do ponto conquistado em casa, e os atletas falaram sobre a atuação do arqueiro adversário.

— Fui chutar até com raiva para ver se a bola entrava, a última do Andrew foi uma defesa que pode ficar para a história, mas felicidade deles também, tem qualidade, e o ponto foi de suma importância para nós — comentou o zagueiro Sandro.

O atacante Léo Gamalho, que exigiu de Marcão, também lamentou a bola não ter entrado. Nos acréscimos, ainda no primeiro tempo, ele mandou um foguete de cabeça, mas o goleiro fez bela defesa.

— A gente tentou de todas as formas, o goleiro deles foi feliz no jogo, fez defesas que a gente não está acostumado a ver, mas de tanto a gente tentar a vitória vai vir — projetou o jogador.

Marlon, que na entrevista coletiva durante a semana falou sobre a qualidade do Xavante na bola área, comentou sobre os gols sofridos. O primeiro, na cobrança de escanteio, e o segundo no cruzamento na linha de fundo.

— A gente acabou tomando dois gols de bobeira. A gente sabia que o jogo aéreo era um ponto forte, mas tivemos força, conseguimos empatar, infelizmente não conseguimos fazer o terceiro gol — lamentou.

​​​Leia mais notícias sobre o Criciúma EC no NSC Total

​​Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade