O basquete de Joinville está de volta ao cenário nacional. Nesta terça, às 20 horas, em Blumenau, contra o Blumenau, a equipe entra em quadra pela primeira partida na Liga Ouro – competição que serve como acesso ao Novo Basquete Brasil (NBB).

Continua depois da publicidade

Na primeira fase, todos os times fazem 20 partidas – dez como mandantes e dez como visitantes. Depois destes 20 jogos, os quatro melhores avançam para os playoffs. As semifinais e as finais serão disputadas em partidas melhor de cinco – quem vencer três confrontos, avança nas semifinais e leva o título nas finais.

Continua depois da publicidade

Além do Joinville, participam da Liga Ouro Brusque, Blumenau, Botafogo-RJ, Contagem-MG e Santos-AP.

A equipe comandada pelo técnico George Salles ganhou três reforços para a disputa: os pivôs Adib, Moisés e o veterano André Bambu, que jogou por Joinville em 2007.

O trio se junta a atletas da cidade que, mesmo jovens, têm grande experiência. Jordan Bürger, Jefferson Socas, Felipe Vezaro, Lucas Vezaro e Henrique Medeiros são alguns dos atletas que fazem parte do time.

Na segunda-feira, logo após o último treino do time, o comandante falou que está confiante no retorno do Joinville às disputas do cenário nacional.

Continua depois da publicidade

– A gente sabe que é uma responsabilidade grande representar Joinville que tem tanta história no basquete brasileiro. Mas temos um grupo jovem e ao mesmo tempo experiente, pronto para brigar de igual para igual com os rivais – disse Salles.

Joinville treina há 45 dias para a estreia na Liga Ouro. E esta longa pré-temporada pode ser um dos diferenciais da equipe, de acordo com a projeção do técnico.

Destaques do NSC Total