Joinville superou a marca de R$ 1 bilhão em vendas de apartamentos em 2022. É a primeira vez que isso acontece. O valor contabilizado até setembro chegou a R$ 1,004 bilhão, superando o total de R$ 980,2 milhões vendidos em todo o ano passado.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Os dados fazem parte da Pesquisa Imobiliária contratada pelo SINDUSCON Joinville para avaliar o desempenho do mercado na cidade e orientar a tomada de decisão dos associados que participam do estudo.

Segundo o presidente do Sinduscon, Carlos Lopes, os números positivos refletem o atual momento da cidade no que diz respeito a investimentos.

– Atravessamos um momento em Joinville muito positivo com investimentos do setor público. De confiança entre setor público e iniciativa privada e a cidade vem num momento em que as pessoas estão felizes – disse Carlos.

Continua depois da publicidade

Os dados também mostram que só no terceiro trimestre de 2022 foram vendidas mais de 500 unidades. Além disso, dos apartamentos lançados em 2022, mais da metade já foi vendida. Entre os lançamentos feitos no ano passado, apenas 30% das unidades ainda estão disponíveis. Carlos também destaca que a previsão para 2023 é muito otimista.

– Existirão mudanças políticas para o próximo, apesar disso, vemos um próximo ano muito promissor. Teremos investimentos maiores por exemplo nos imóveis da Casa Verde e Amarela – relatou.

 A valorização dos imóveis na cidade também chama a atenção. Entre setembro de 2021 e setembro de 2022, os apartamentos valorizaram mais de 15%. Joinville apresentou, neste ano, uma elevação no padrão de imóveis lançados e vendidos.

Prova disso é que o tíquete médio de um apartamento na cidade subiu para R$ 734 mil e os apartamentos têm, em média, 86 m2 (metragem média privativa).

Continua depois da publicidade

Ouça a entrevista completa:

Destaques do NSC Total