nsc
an

Aniversário

Jovani, bailarino do joinvilense estudou no Bolshoi e hoje está nos EUA

Foi na escola de Joinville, o período de construção de méritos pessoais e profissionais

15/03/2013 - 08h42 - Atualizada em: 15/03/2013 - 17h16

Compartilhe

Por Redação NSC
Jovani Furlan mergulhou no universo da dança na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil aos 11 anos, em 2004
Jovani Furlan mergulhou no universo da dança na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil aos 11 anos, em 2004
(Foto: )

O joinvilense Jovani Furlan mergulhou no universo da dança na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil aos 11 anos, em 2004. Ainda não sabia o que o futuro lhe preparava, muito menos cogitava a possibilidade de estar, nove anos depois, morando no exterior integrando o corpo de baile do Miami City Ballet.

Foi no Bolshoi o período de construção de méritos pessoais e profissionais. O ambiente de ensino disciplinado ampliava desde cedo a visão do mundo. Jovani descobriu assim que o balé era de fato sua vocação. A escola lhe proporcionava conhecimento técnico e experiências, como conviver em uma turma de 20 alunos vindos dos quatro cantos do Brasil.

- O aprendizado fundamental adquirido foi o respeito. Respeito aos bailarinos, diretores, minhas partners, ao meu corpo e a todos que influenciaram de alguma forma na dança -, diz.

Na escola americana, Jovani precisou adotar um outro ritmo de aprendizado, bem diferente do estilo aprendido no Brasil.

Atuar em um palco internacional é motivo de orgulho para sua família e de incredulidade para o bailarino. A insegurança de experimentar o novo não lhe assombrou. O único medo, segundo Jovani, foi de não aguentar a saudade da família e dos amigos.

Conheça a história de outros bailarinos que já passaram pelo Bolshoi e brilham nos maiores palcos do mundo:

Bruna Gaglianone

Cosme Gregory

Denis Vieira

Erick Swolkin

Fellipe Camarotto

Márcio Vinícius Silveira

Stephanine Ricciardi

Colunistas