nsc
    hora_de_sc

    Grande Florianópolis

    Jovem indígena morre atropelado na BR-101 em Biguaçu e motorista foge sem prestar socorro

    Ele morava na aldeia M'Biguaçu e morreu na noite desta terça

    06/05/2020 - 11h07 - Atualizada em: 06/05/2020 - 11h08

    Compartilhe

    Por Guilherme Simon
    Jovem indígena
    José Carlos de Souza tinha 23 anos e morava na aldeia M'Biguaçu
    (Foto: )

    Um jovem indígena de 23 anos morreu na noite desta terça-feira (5) após ser atropelado na BR-101 em Biguaçu, na Grande Florianópolis. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista fugiu sem prestar socorro e não havia sido identificado até a manhã desta quarta (6).

    A ocorrência foi registrada pela polícia por volta das 22h40min, no km 189 da rodovia. Não houve testemunhas.

    José Carlos de Souza morava na aldeia M'Biguaçu, que é cortada pela BR-101. O atropelamento aconteceu próximo ao portão de entrada do local.

    Segundo o cacique da aldeia, Hyral Moreira, o jovem havia se mudado para a M'Biguaçu há cerca de seis meses, quando veio de São Paulo junto com a esposa. Ele trabalhava como artesão.

    O cacique lamentou o fato e disse que ainda não há informações sobre as circunstâncias do atropelamento.

    — Recebemos a notícia nesta manhã. Ainda não sabemos como aconteceu. Nós estamos com uma restrição de saída por conta do coronavírus. Não sei dizer o que houve — disse o cacique Hyral.

    Até o fim da manhã desta quarta, o corpo de José Carlos de Souza ainda não havia sido liberado no Instituto Médico Legal (IML).

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas