nsc
dc

Tecnologia

Jovens de Blumenau criam solução para e-commerce no Brasil

Plataforma ajuda o revendedor a selecionar o produto de interesse, de acordo com o nicho e estratégia de venda

10/04/2021 - 07h07

Compartilhe

Por Fabrício Vitorino
O sistema é todo simplificado, e com apenas um clique é possível fazer o pedido
O sistema é todo simplificado, e com apenas um clique é possível fazer o pedido
(Foto: )

Conectar fornecedores a lojistas de todo o Brasil é a missão da Mawa Post, um marketplace B2B, que funciona tanto para vendas no varejo, quanto no atacado. A iniciativa é de Allan Klotz Sewald, 28 anos, e Arthur Messes Silva, 26 anos, dois jovens empreendedores de Blumenau.

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

— Trabalhamos na modalidade chamada Dropshipping, que uma técnica de gestão na qual o revendedor não precisa ter estoque. Ele oferta e comercializa os produtos que estão no estoque do fornecedor - explica Allan Sewald.

O funcionamento é simples: na plataforma, o “dropshipper” (revendedor) seleciona o produto de interesse, de acordo com o nicho e estratégia de venda. O sistema é todo simplificado, e com apenas um clique é possível fazer o pedido. São milhares de produtos, em várias categorias, entre elas: roupas, calçados, saúde e bem-estar, informática e decoração.

A expectativa em torno do Mawa Post é grande. Afinal, antes do lançamento, no fim de março, a plataforma já contava com mais de 400 lojistas cadastrados.

> Caso Henry: aparelho israelense quebrou segurança do WhatsApp?

Programa para capacitar SDR esgota vagas

O Curso de Formação de SDR (Sales Development Representative), oferecido pela Comunidade de Vendas de Florianópolis e o CocreationLab, foi um sucesso – as vagas se esgotaram na última semana. Para quem não conhece, o Sales Development Representative (SDR) é um dos profissionais mais requisitados no mercado de tecnologia, já que é o responsável pela pré-venda: ou seja, ele faz o primeiro atendimento ao cliente e qualifica a venda, antes de passar para o próximo passo, feito por um profissional mais experiente.

Agora é torcer para que novas turmas sejam abertas!

Leia também:

Globo passa todo o acervo para nuvem do Google

Para quê serve uma incubadora de empresas?

Ilha do Campeche abandona Diesel e adota paineis solares

Colunistas