nsc
    hora_de_sc

    Prefeitura de Florianópolis

    Juro Zero Floripa Especial já liberou mais de R$ 1,1 milhão para empreendedores na crise do novo coronavírus

    A nova versão do Programa Juro Zero Floripa já conta com 326 operações de crédito realizadas 

    28/07/2020 - 13h38

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Leonardo Sousa/PMF
    (Foto: )

    O Programa Juro Zero Floripa, lançado em 2017, foi reformulado para atender os empreendedores que foram afetados pela crise causada pela pandemia do novo coronavírus. A nova versão do programa, o Juro Zero Floripa Especial, foi implantada pela administração municipal de Florianópolis em abril deste ano e já liberou R$ 1.115.510,00 para empreendedores do município.

    Ao todo, 326 operações foram feitas. O objetivo é desburocratizar e flexibilizar o acesso a esse crédito, fazendo com que os negócios se mantenham e possam continuar a gerar emprego e renda mesmo durante o momento de crise.

    Mais crédito e menos burocracia

    Por meio do Juro Zero Floripa Especial, o valor do empréstimo para microempreendedores individuais (MEIs) é maior do que era disponibilizado na versão anterior do programa. O valor, que antes era R$ 2 mil, agora é de R$ 3 mil.

    Podem ser feitas até no máximo, três operações, ou seja, três tomadas de crédito. Já as microempresas podem solicitar o empréstimo de R$ 5 mil, em até duas operações. O prazo do parcelamento de cada empréstimo é de 12 meses e foi ampliado para reduzir o valor do pagamento mensal.

    O empreendedor tem carência de 90 dias para o pagamento da primeira parcela para os novos créditos. Como já vinha sendo praticado, caso as parcelas sejam pagas em dia, os juros do empréstimo serão pagos pela Prefeitura de Florianópolis, que, a partir de agora, também arcará com os juros dessa carência de 90 dias para o primeiro pagamento.

    Essa tomada de crédito especial também está liberada para aqueles que já atingiram o limite de créditos previstos anteriormente pelo programa. O requisito de ter pelo menos um funcionário registrado não será exigido das microempresas que desejarem tomar o crédito pela segunda vez. Também não é obrigatória a comprovação de associação a alguma entidade de classe.

    A empresas que possuem operações ativa de empréstimo pelo programa Juro Zero Floripa e que tiverem dificuldades de pagar as parcelas, poderão refinanciar o saldo devedor sem prejuízo dos juros subsidiados pela Prefeitura. Os empreendedores que tomaram crédito e que estão com suas parcelas em dia, mesmo que a operação ainda não esteja quitada, poderão solicitar o crédito pelo Juro Zero Floripa Especial.

    Solicitação pode ser feita pelo site do Banco do Empreendedor ou pelo ZapCredi

    Os empreendedores que quiserem o crédito devem realizar a solicitação pelo Banco do Empreendedor, que foi a instituição vencedora da chamada pública e está operando a ação em parceria com a Prefeitura Municipal de Florianópolis e com a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF). Neste momento de isolamento social, o empreendedor pode fazer o pedido sem se expor ao risco, usando o ZapCredi ou o site da organização de microcrédito do estado.

    O diretor superintendente do BE, Luiz Carlos Floriani, explica que o ZapCredi é a nova ferramenta do Banco do Empreendedor, que usa o WhatsApp e que agiliza o atendimento da demanda de crédito.

    — O cliente pode preencher todas as informações usando o ZapCredi. Pela ferramenta ele pode também enviar um vídeo, mostrando os seus equipamentos e sua própria instalação, e áudios, justificando a necessidade do crédito. Assim que esse material chegar às nossas unidades de análise de crédito, é avaliado por um dos nossos agentes, que entrarão em contato com o cliente e farão a complementação necessária — esclarece.

    A solicitação do crédito pode ser feita pelo site do Banco do Empreendedor: www.bancodoempreendedor.org.br, ao clicar no destaque JURO ZERO FLORIPA ESPECIAL ou pelo ZapCredi, pelo link.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Especiais Publicitários

    Colunistas