nsc

publicidade

Monte Cristo

Justiça prorroga prisões temporárias da Operação Alligator, em Florianópolis

Investigação da Polícia Civil apura o tráfico de drogas na região do bairro Monte Cristo

29/08/2019 - 17h59

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora

A Justiça prorrogou nesta quinta-feira (29) as prisões temporárias de nove suspeitos detidos durante a Operação Alligator, desencadeada no início de agosto, em Florianópolis. A ação policial apura crimes de tráfico de drogas, na região do bairro Monte Cristo. Segundo o delegado João Fleury, policiais se deslocaram até a Penitenciária de Florianópolis, para cumprir os mandados.

No começo deste mês, a primeira fase também cumpriu vários mandados de busca e apreensão. As investigações são coordenadas pela Central de Investigações do Continente (Cicon), da Polícia Civil.

A operação foi realizada em uma área do bairro conhecida como "PC3". Conforme Fleury, há suspeita de que os detidos estejam envolvidos com uma facção criminosa que atua na região.

O delegado explicou que a Justiça concedeu a prorrogação das prisões por causa das provas encontradas no material apreendido e também no andamento das investigações nos últimos dias. Fleury não quis adiantar mais detalhes sobre o caso, porque isso poderia atrapalhar os trabalhos.

Deixe seu comentário:

publicidade