nsc
dc

Parece mentira, mas não é!

Ladrões de gado fogem com animais por 3 cidades, mas polícia descobre paradeiro

As duas cabeças de gado foram avaliadas, juntas, em R$ 11 mil

28/08/2021 - 21h48 - Atualizada em: 28/08/2021 - 21h56

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Animais foram levados de Braço do Norte, no Sul e recuperados na Serra de SC
Animais foram levados de Braço do Norte, no Sul e recuperados na Serra de SC
(Foto: )

Após serem levadas por ladrões de gado de uma propriedade de Braço do Norte, no Sul de SC, dois animais da raça Gir, avaliados em R$ 11 mil, foram recuperados pela Polícia Civil em São Joaquim, na Serra catarinense. A ação ocorreu na última sexta-feira (27) quando a investigação chegou ao último de três esconderijos usados pelos bandidos. 

Receba as principais notícias do NSC Total no WhatsApp

À frente do caso, o delegado de Polícia Civil de Braço do Norte, Eder Matte disse que as cabeças de gado tinham sido levadas de forma fraudulenta: foram comprados, mas o vendedor nunca recebeu o pagamento. 

Sem intenção de acertar o valor, e para que não fossem localizados, os suspeitos passaram a circular pelo estado com os animais. Por 30 dias, passaram por três endereços diferentes. 

8 curiosidades de Anita Garibaldi mostram fatos surpreendentes

Os animais passaram por três cidades diferentes em menos de 30 dias
Os animais passaram por três cidades diferentes em menos de 30 dias
(Foto: )

A primeira parada do roteiro foi Gravatal, no Sul de SC. Em seguida, os animais foram levados para Tubarão, na mesma região, e a São Joaquim, onde foram localizados. O delegado não informou se o proprietário da fazenda estava no local e por qual crime pode responder, mas disse que abriu inquérito policial para apurar a autoria do crime. 

Leia também

SC tem uma única região em risco gravíssimo para coronavírus, 1ª vez em 9 meses

Colunistas