nsc
    dc

    Roubos

    Lei contra receptação de roubo de cargas tramita na Assembleia de SC

    Outra medida é criação de delegacia de polícia especializada

    28/06/2017 - 15h06

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    O deputado estadual Patrício Destro (PSB), esteve em reunião nesta semana com representantes da Fetrancesc, em Chapecó, onde informou que seu Projeto de Lei para cassar a inscrição estadual de empresas que venderem produtor oriundos de cargas roubadas já passou pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa. Ele passará ainda por duas comissões, de Finanças e Tributação e de Segurança Pública antes de ir para votação.

    A lei prevê que empresas que armazenarem, transportarem ou venderem produtos roubados não poderão atuar na área por cinco anos, além de multa de duas vezes sobre o valor do produto irregular.

    No ano passado foram 258 ocorrências de roubos de cargas registradas em Santa Catarina. O delegado da Polícia Civil responsável por furtos de veículos e cargas, Rodrigo Bortolini, ponderou que muitas vezes ocorrem desvios de carga com comunicado falso de roubo e que também algumas ocorrências de outros estados acabam sendo registradas aqui.

    Nova delegacia para roubos de cargas

    O delegado Roberto Bortolini disse que até o final do ano deve ser instalada uma delegacia especializada em roubos de cargas. Por enquanto ele acumula as duas funções.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas