nsc

publicidade

Oportunidade

Leilão da Polícia Federal oferece veículos a partir de R$ 2 mil em Santa Catarina

Entrega dos veículos arrematados será livre de impostos, taxas ou multas

13/11/2019 - 19h41 - Atualizada em: 18/11/2019 - 16h19

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
leilão
(Foto: )

Veículos que já foram usados como viatura não ostensiva da Polícia Federal são ofertados a partir de R$ 2 mil no leilão administrativo da entidade. Eletroeletrônicos, como ar-condicionado, impressoras e notebooks são oferecidos por R$ 200,00. Até uma moto aquática aparece entre os bens da União, considerados como inservíveis à administração pública.

O evento ocorre em Florianópolis no dia 20 de novembro, a partir das 9h, no ginásio de esportes da Academia da Polícia Civil de Santa Catarina (Acadepol), que fica na Rua Tertuliano Brito Xavier, 209, em Canasvieiras.

Segundo a Polícia Federal, não será cobrada taxa de leiloeiro e a entrega dos veículos arrematados é livre de impostos, taxas ou multas.

Para quem estiver interessado em conhecer os lotes, são dois dias de visitação. Nos dias 18 e 19 de novembro é possível conhecer os lotes das 9h às 17h, nas dependências da Superintendência Regional da Polícia Federal, no bairro Agronômica, na Capital.

Entre os veículos estão automóveis como Chevrolet Astra, Renault Clio, Ford Focus, MMC L200, VW Saveiro, Renault Sandero, Toyota Corolla, Fiat Fiorino, Fiat Siena, Renault Meganes, Audi A3, Nissan X Terra e Mercedes-Benz 310D.

Confira o edital completo do leilão neste link.

Outras informações sobre o evento poderão ser obtidas em horário comercial, por meio dos telefones (48) 3281-6644/6645/6557.

Leia também

Confira os principais concursos com inscrições abertas em SC

Concurso da prefeitura de Florianópolis tem 48,9 mil inscritos

Saiba o que pode cair na prova para o concurso da prefeitura de Florianópolis

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade