nsc
nsc

Temporada de descontos

Liquidações de verão começam de forma tímida em Florianópolis

Grandes lojas de eletroeletrônicos e shoppings saíram na frente e apostam na queima de estoque neste início de ano

04/01/2018 - 16h38 - Atualizada em: 04/01/2018 - 17h16

Compartilhe

Por Redação NSC

Quem esperava por uma boa oportunidade para comprar aquela TV novinha, trocar a geladeira ou o celular já pode ficar de olho nas megaliquidações das grandes redes varejistas de móveis e eletroeletrônicos. As lojas anunciaram nesta semana as promoções pós-Natal para Florianópolis e outras cidades do Estado. As redes Berlanda e Magazine Luiza realizam uma megaliquidação durante esta sexta-feira. Os descontos podem chegar a 70%. A Colombo e Koerich realizam até sábado promoções com até 50% de desconto. Já outras lojas como Casas Bahia e Ponto Frio estão com promoções durante todo o mês. A promessa é de descontos de até a 80% e condições especiais de pagamento.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Florianópolis (CDL), Lidomar Antônio Bison, comenta que tradicionalmente as lojas de móveis e eletrodomésticos abrem a temporada de liquidações para recuperar as vendas baixas em dezembro. Segundo ele, os consumidores anteciparam as compras de Natal durante a Black Friday, na última sexta-feira de novembro, e, com isso, as vendas de dezembro foram prejudicadas.

— Praticamente todas as lojas embarcam na promoção, que também aproveita o dia de pagamento dos salários para liquidar o estoque. TVs, refrigeradores e celulares são os itens com mais descontos, que chegam a 30% — comenta.

Já o comércio de rua da Capital está mais tímido com relação às liquidações. Por enquanto, as lojas de roupas e calçados estão com pequenas promoções, mas nada de torra-torra. Os descontos devem aumentar a partir do Carnaval. Mas de acordo com Bison, presidente da CDL, já vale ficar de olho. As promoções e descontos progressivos atuais são uma boa oportunidade para o consumidor encontrar a melhor oferta.

— As baixas vendas do segundo semestre de 2017 fizeram com que o comércio tivesse bastante estoque. Assim, o consumidor tem mais opções de produtos — comenta.

Bella Arruda, 36, gerente de uma loja de calçados, conta que a liquidação pretende esvaziar os estoques, principalmente os produtos de ponta, que já não têm mais numeração completa.

— Esta é a data mais esperada por nossos clientes, que ficam na expectativa dos descontos. É uma época boa para vender o que temos na loja e abrir espaço para a coleção de inverno — diz.

Amélia Kagohara, 46, foi comprar um presente no Centro de Florianópolis e levou algumas peças de roupa para a filha porque os itens estavam em promoção.

— Vim só para comprar o presente, mas como o preço estava bom, aproveitei — conta Amélia, que ganhou um desconto de 30% no total da compra.

Entre os shoppings da Capital, o Beiramar saiu na frente e já está liquidando as coleções de verão. O Beiramar está com mais de 20 lojas em liquidação. Os descontos variam de 20% a 70%. O Floripa Shopping informou que ainda não tem data para começar as liquidações de verão, mas que algumas lojas já estão com descontos. Já no Iguatemi, a campanha de liquidação deve ficar só para fevereiro, porém, há lojas que se anteciparam e estão em promoção com até 70% de desconto.

Para aproveitar

A dica para conseguir um maior desconto é pagar à vista. Segundo Bison, as lojas tendem a diminuir até 10% do desconto para quem pretende pagar parcelado. De acordo com Ivan Tauffer, presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL-SC), a estimativa é que as vendas das liquidações de verão representem de 2% a 2,5% do faturamento de todo o comércio catarinense para o mês.

DICAS NA HORA DA COMPRA

O Procon/SC dá algumas dicas para quem vai aproveitar as liquidações, seja nas lojas físicas ou pela internet:

- Pesquise os preços dos itens que pretende adquirir, porque o valor de um mesmo produto pode variar bastante de um estabelecimento para outro;

- Se for comprar um presente, verifique a possibilidade de troca. As lojas são obrigadas a efetuar a troca somente em caso de defeito;

- Ao comprar pela internet deve-se verificar no rodapé da página se a empresa tem endereço e consultar, no site da Receita Federal, se o CNPJ está ativo. Na hora de pagar, conferir se há o cadeado na barra de endereços que indica ser um site seguro;

- Na compra de brinquedos é recomendável verificar a indicação de faixa etária do produto, além do selo de garantia do Inmetro que atesta a procedência e segurança;

- Em compras pela internet, telefone, catálogos ou domicílio, o consumidor tem até sete dias, a contar da data da entrega do produto, para desistir da compra e receber seu dinheiro de volta;

- Os produtos com garantia que apresentem defeitos devem ser encaminhados para assistência técnica, que tem o prazo de até 30 dias para trocar ou consertar. Caso contrário, o consumidor tem direito ao dinheiro de volta.

Leia mais notícias sobre a Grande Florianópolis

Colunistas