nsc
santa

Justiça

Mãe é condenada a 18 anos de prisão por matar o filho de um mês em Indaial

Agressões provocaram traumatismo craniano e hemorragia interna, segundo os médicos

01/08/2021 - 18h33 - Atualizada em: 01/08/2021 - 21h37

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Crime chocou o Vale do Itajaí em outubro de 2020
Crime chocou o Vale do Itajaí em outubro de 2020
(Foto: )

A mãe que agrediu e provocou a morte do próprio filho de um mês de idade em Indaial, no Médio Vale do Itajaí, esteve no banco dos réus. A mulher recebeu condenação de 18 anos e oito meses de prisão, em regime fechado, por homicídio qualificado.

> Receba notícias do Vale do Itajaí pelo WhatsApp

O crime chocou a região em outubro do ano passado, quando a criança deu entrada no hospital com traumatismo craniano e hemorragia interna. A mulher, de 24 anos, está presa desde a data do assassinato e pode tentar recorrer da decisão judicial.

A sentença saiu na quinta-feira (29). 

Ela disse à polícia na época que apenas chacoalhou a criança. Os bombeiros levaram o menino ao Hospital Beatriz Ramos. Mais tarde, devido à gravidade do quadro, acabou transferido para o Hospital Santo Antônio, em Blumenau, onde morreu.

Ao perceberem a possibilidade de a criança ter sido agredida, os médicos chamaram as autoridades. A Polícia Civil descobriu que a mulher não queria a criança. O menino chegou a ser levado ao abrigo logo após o nascimento. 

Mais de duas semanas depois do parto, a avó materna conseguiu a guarda na Justiça. A criança foi então levada para casa, onde também morava a mãe do bebê. Os dois dividiam o mesmo quarto na noite de 24 de outubro, quando o caso ocorreu. 

Leia também

> Homem é flagrado correndo pelado pelas ruas de Blumenau e PM é chamada

> Fotógrafo morre atingido por moto durante campeonato de velocross em Lontras

> Ex-marido que matou mulher com 66 facadas no Vale pega 16 anos de prisão

> Assassinato por causa de ovos fritos termina com 12 anos de prisão no Alto Vale

Colunistas