nsc

publicidade

Cultura

Maj recebe visitas noturnas e leva arte aos bairros de Joinville

Visitação noturna para escolas ocorre nos meses de março e abril

15/02/2018 - 11h48 - Atualizada em: 15/02/2018 - 11h49

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

O Museu de Arte de Joinville (Maj) irá apresentar a exposição Agrocultura a diferentes públicos, por meio de ações especiais. A ação tem o objetivo de valorizar o conceito de museu criativo e aproximar a comunidade.

Uma das inciativas é a visitação noturna para escolas, que acontecerá nos dias 7 e 21 de março, 4 e 18 de abril, das 19h às 21h30. Em cada data, serão atendidos até três grupos, formados por, no máximo, vinte pessoas. Podem participar turmas de colégios, faculdades, universidades e cursos técnicos.

Em outra ação, o Maj irá ao encontro da comunidade, com o “Museu indo para o bairro”. Nesta atividade, o fotógrafo e designer Daniel Machado, autor de Agrocultura, vai apresentar parte da sua obra e do seu processo de trabalho, em reuniões realizadas por associações ou entidades ligadas aos bairros da cidade. Durante os encontros, a coordenadora do Maj, Helga Tytlik, vai conversar com os participantes sobre a cultura como vetor do desenvolvimento.

- Os encontros terão linguagem bem clara e objetiva. Nosso intuito é despertar o interesse das pessoas em frequentar os museus - afirma Helga.

Para participar das atividades, as escolas, associações de bairro ou de moradores devem enviar e-mail para educativomaj@gmail.com e solicitar o agendamento. Na sequência, a equipe do MAJ entrará em contato com a confirmação das datas e horários.

É importante destacar que para a ação “Museu indo para o bairro”, serão atendidas as três primeiras associações que entrarem em contato com o Maj. As visitas do artista Daniel Machado aos bairros deverão acontecer durante os meses de março e abril, em datas combinadas entre a equipe do museu e os grupos de moradores.

Exposição Agrocultura

(Foto: )

Assinada pelo designer e fotógrafo Daniel Machado, e com curadoria de Alena Rizi Jahn, a exposição Agrocultura reúne 83 fotos tiradas na área rural de Joinville, nas regiões do Vila Nova, Quiriri, Rio Bonito, Piraí e Estrada Rio da Prata, que retratam as singularidades culturais da cidade, utilizando a arte como registro e expressão do patrimônio.

De acordo com o artista, o objetivo do trabalho é mostrar a essência das pessoas que vivem na área rural de Joinville, bem como a importância do seu trabalho para a cultura e a economia da cidade.

— As fotos registram a lida diária dos agricultores e, também, as festividades, costumes e tradições da região. Um outro aspecto captado nas imagens e muito evidente na exposição, é a harmonia presente no convívio familiar. Todos trabalham unidos, conciliando o trabalho e a vida no campo— conta Daniel Machado.

Deixe seu comentário:

publicidade