nsc
dc

Notícia

Mano Menezes pega 30 dias de suspensão

Decisão dos auditores do STJD foi por unanimidade

25/10/2006 - 15h20

Compartilhe

Por Redação NSC

O técnico Mano Menezes foi suspenso por 30 dias, nesta quarta, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), devido a expulsão sofrida na partida contra o São Caetano, último dia 14, pelo Brasileirão de 2006. O comandante gaúcho foi incurso no artigo 188 (ofensas morais) e os auditores o condenaram a pena mínima prevista para este tipo de caso.

Mano ficará afastado sete partidas do comando da equipe gremista. Ele só voltará ao comanddo do time na última partida, contra o Fortaleza. Na saída do julgamento, ele falou sobre o que achou da pena que recebeu.

- A pena imposta pelo tribunal não se contesta, se cumpre. E isto é que eu vou fazer. Acho que o que aconteceu no campo foi normal, mas respeito a opinião dos auditores - disse Mano.

Na opinião de Mano, a equipe não sofrerá prejuízos com a sua punição.

- O Grêmio tem um trabalho bem desenvolvido. Independente de eu estar ou não à beira do campo, o time não vai perder a sua característica.

O treinador do Grêmio disse que sua punição, junto com a de outros treinadores, é resultado de uma campanha que vê nos treinadores os causadores da violência no futebol.

- Campanhas são perigosas pelos exageros. Uma vez, ouvi um comentarista dizer que sonhava com o dia em que se realizasse uma rodada com os vinte técnicos suspensos. Está havendo uma inversão - protesta Mano, que será substituído na margem do campo pelo seu auxiliar, Sidney Lobo.

O vice-presidente de futebol, Renato Moreira, também protesta contra o que chamou de tratamento diferente.

-Emerson Leão foi absolvido dois dias atrás, apesar de ter cometido falta semelhante - lembra Moreira.

O advogado do Grêmio, Rui Costa, afirmou que o clube irá recorrer da decisão.

- Nós provamos que o técnico teve uma atitude normal de jogo, mas, infelizmente, o Tribunal entendeu que houve desrespeito ao árbitro e puniu com a pena mínima. Vamos recorrer da decisão e batalhar para conseguir o efeito suspensivo - revelou o membro do departamento jurídico do Grêmio.

A pena recebida por Mano Menezes começa a contar a partir da meia-noite desta quinta. Em função disto, ele não estará no banco de reservas frente ao Fluminense, em Volta Redonda.

Colunistas