nsc

publicidade

Mais de 100 atrações

Maratona Cultural agita Florianópolis neste fim de semana

Orquestra de Baterias, com mais de 800 participantes, é um dos eventos da programação

16/08/2019 - 14h53 - Atualizada em: 16/08/2019 - 19h04

Compartilhe

Por Redação CBN Diário
Orquestra de baterias de Florianópolis será a terceira maior do mundo
Orquestra de baterias de Florianópolis será a terceira maior do mundo
(Foto: )

Com mais de 100 atrações gratuitas em mais de 40 pontos de Florianópolis neste fim de semana, a Maratona Cultural chega a sua sétima edição. A abertura será nesta sexta-feira (16), a partir de 18h, na escadaria do Rosário, no Centro da capital catarinense. Desta vez, o projeto integra o Floripa Conecta, que busca impactar mais de 80 mil pessoas com eventos até o domingo (18).

– Trabalhamos o ano inteiro para essa programação, com a intenção de ocupar espaços públicos com cultura, arte e educação – revela Paula Borges, presidente do Instituto Maratona Cultural.

Além dos eventos para os adultos, a programação infantil – chamada de Maratoninha Cultural – também reúne atividades ao longo do final de semana no Largo da Catedral, na Lagoa da Conceição e em dois pontos na SC-401. Por exemplo, no sábado (17), a partir de 16h, haverá contação de histórias na Barca dos Livros, com passeio pela lagoa.

Em ambientes fechados e que possuem indicação de lotação, os ingressos podem ser retirados uma hora antes do início da atividade, no próprio local. Há apresentações com acessibilidade e tradução em libras. A programação completa da Maratona Cultural de Florianópolis pode ser conferida no site do evento.

Baterias na passarela Nego Quirido

Uma das atrações que mais chamam a atenção do público, a Orquestra de Baterias de Florianópolis terá programação na Passarela Nego Quirido, a partir de 11h deste domingo (18). Ano passado, ela já se tornou a maior das Américas, com 482 inscritos. Nesta edição, são mais de 800, a ponto de passar a ser a terceira maior orquestra deste tipo no mundo.

– A gente costuma falar que é o filho que já cresceu e está saindo de casa. Já caminha com suas próprias pernas – afirma Paula Borges.

Até às 14h30, os bateristas preparam os equipamentos no local da apresentação, marcada para 15h. Além de um aulão e um ensaio, os regentes da orquestra mandam vídeos para que os bateristas pratiquem antes do momento em que todos tocam juntos. No repertório, estão músicas do Deep Purple, Kiss, Beatles, Metallica, Black Sabbath, Bon Jovi, Pearl Jam e Rage Against The Machine.

– Quem toca bateria é apaixonado pelo instrumento. Tem que carregar ferro, tambor, prato, e cada um é responsável pelo seu kit. Esse ano, a gente teve que fazer um trabalho de pesquisa para conseguir baterias para quem sabe tocar, mas não possui uma. Na minha casa, eu preparei duas para emprestar, fora a minha – afirma Richard Boldan, um dos quatro regentes da orquestra.

Ainda na programação, nos dois palcos do evento, haverá shows de bandas locais e o encerramento com a banda Dazaranha, às 19h30. O espaço também vai contar com food trucks, bar, espaço kids e estacionamento gratuito (com número limitado de vagas).

Ouça a entrevista no Notícia na Manhã, com Mário Motta:

Deixe seu comentário:

publicidade