nsc
    dc

    Treinador

    Márcio Coelho passa comando  do Figueirense para Pintado com "esperança" na Série B 

    Auxiliar volta ao cargo e relata o período em que foi responsável pela equipe: "Difícil pelo cenário" 

    16/10/2019 - 09h10

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação DC
    Coelho encerra período como técnico e volta a ser auxiliar do Figueirense
    Coelho encerra período como técnico e volta a ser auxiliar do Figueirense
    (Foto: )

    Márcio Coelho volta a ser a auxiliar do Figueirense depois do 0 a 0 com o Londrina, nesta terça-feira. Pintado assume o comando da equipe na reta final da Série B 2019, na luta pela permanência na segunda segunda divisão. Com Coelho, o clube passou por mudanças profundas, do fim da parceria com a empresa Elephant pela gestão do futebol até restruturação do elenco, e voltou a vencer. Com ele, o time chegou três partidas seguidas sem ser derrotada.

    - De todas as vezes que eu tive que assumir, essa foi a mais difícil pelo cenário. Tivemos que reconstruir muitas coisas. Permaneço, passando o bastão ao Pintado. Não é uma despedida, que fique claro, sigo trabalhando com o meu melhor, mas agradecendo a todos que foram fundamentais. E meu agradecimento aos atletas, que entenderam. Fui duro com eles, mas ninguém viu. Em nenhum momento eles foram reativos, mas entenderam que eram necessárias para sairmos daquela situação. Tenho total confiança que clareou e que hoje temos esperança. Estamos no trilho sabendo que é possível permanecer na Série B - disse o profissional que volta à comissão técnica.

    Pintado será apresentado na tarde desta quarta-feira. Diante do Paraná, às 19h de sábado, fora de casa, o novo comandante estará na área técnica do Durival Britto para orientar o time do Figueirense. Márcio Coelho se coloca à disposição para que o time alvinegro consiga pontuar e continuar na luta pela permanência na Série B.

    - Todo relacionamento leva tempo para construir intimidade. As primeiras conversa foram muito positivas. Vamos tentar nos conhecer um pouco mais. Não posso adiantar como vou contribuir, são processos. Espero que possamos nos conhecer melhor para construirmos algo positivo para o Figueirense - disse Coelho.

    Desde a saída de Eutrópio, Márcio Coelho comandou o Figueirense em sete partidas. Com ele como responsável o time teve uma vitória, três empates e três derrotas.

    Leia mais notícias e opiniões sobre o Figueirense no NSC Total.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas