Amanhã, dia 26, no auditório da Clínica Imagem, acontece um encontro com pacientes e profissionais da área da saúde sobre a experiência do AVC (Acidente Vascular Cerebral), alusivo ao Dia Mundial do Combate ao AVC, que acontece neste domingo, dia 29. Com o tema Tempo é cérebro — quanto mais rápido for o socorro, menores são as chances de sequelas, o encontro, que será transmitido ao vivo pelas redes sociais do Hospital Baía Sul e da Clínica Imagem, tem como objetivo alertar para a importância de diagnosticar e tratar a doença o mais rápido possível.

Continua depois da publicidade

A doença cerebrovascular atinge 16 milhões de pessoas ao redor do globo a cada ano e, dessas, seis milhões morrem. No Brasil, são registrados cerca de 68 mil óbitos por AVC anualmente. A doença representa a primeira causa de morte e incapacidade no país, o que gera grande impacto econômico e social. As consequências físicas e emocionais de um acidente vascular cerebral, tanto para o paciente quanto para seus familiares, geralmente são devastadoras. Com isso em mente, um centro de atendimento de urgência de AVC está sendo implantado no Complexo de Saúde Baía Sul, reunindo o Hospital Baía Sul, a Clínica Imagem e a Clínica Coris, que se uniram para diagnosticar e tratar a doença, trabalhando para reduzir ao máximo as suas sequelas.

Leia mais comentários de Mário Motta

Leia notícias sobre emprego e carreira no Espaço do Trabalhador da Hora

Continua depois da publicidade

Mais notícias:

Consumidora é indenizada após comprar chocolate contaminado em Santa Catarina

Pronto-atendimento de Forquilhinhas, em São José, terá gestão de organização social

Destaques do NSC Total