nsc

publicidade

Tigre definido, mas¿

Mazola faz mistério no Criciúma para dificultar missão do Figueirense

Técnico diz que prefere não passar informações

26/10/2018 - 11h24

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Duelo entre dois dos maiores clubes catarinenses, com pontuação idêntica na tabela e ambos precisando da vitória para não correr riscos na reta final da Série B. Todos esses fatores foram motivos para que o técnico Mazola Júnior, do Criciúma, fizesse mistério e não revelasse muito sobre o Tigre que estará em campo nesse sábado, no Orlando Scarpelli, para encarar o Figueirense. O jogo será às 16h30min.

O último treino antes da viagem a Florianópolis foi fechado à imprensa. Na entrevista coletiva antes da atividade, Mazola justificou a decisão.

— Eu não tenho informação nenhuma do Figueirense. Eu sei que é chato para vocês (jornalistas), sei que não é legal, mas para vocês verem como está essa situação. Quanto menos informações nós dermos para o adversário, é melhor. Porque, se você der muita informação, hoje com toda essa parafernália que existe aí, o cara estuda o seu time de ponta a cabeça. Fica 48 horas estudando individualmente os seus jogadores. Lógico que na nossa cabeça nós já temos as coisas definidas — detalhou o comandante.

Na quinta-feira, Mazola deu a entender que jogará num 4-5-1, com Gabriel e Alex Maranhão mais avançados no meio.

A novela dos desfalques ganha mais um capítulo nesse sábado. O técnico não terá quatro titulares à disposição: os laterais Sueliton e Marlon, o meia Elvis e o centroavante Zé Carlos.

— São problemas que, infelizmente, viraram rotineiros aqui no Criciúma. Mas a gente vem trabalhando bem nessa semana, os atletas me deram uma resposta muito boa e o fator motivacional, com certeza, vai nos ajudar a superar as dificuldades para esse clássico — projetou Mazola.

As principal preocupação dele quanto ao Figueirense diz respeito à movimentação do meio para a frente. Apesar da má fase do Alvinegro, o técnico do Criciúma considera que, ao menos no papel, o time do Estreito seja uma das melhores equipes da Série B.

— Foi um time montado para subir e esses problemas extracampo com certeza comprometeram o acesso do Figueirense, porque equipe eles têm. Esperamos um jogo dificílimo, duríssimo, contra uma das melhores equipes da competição. Não tenha dúvida nenhuma disso — alertou Mazola.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro

Mais notícias do Criciúma

Deixe seu comentário:

publicidade