publicidade

Política
Navegue por

Saúde presidencial

Médicos retiram dreno do abdome de Bolsonaro, afirma boletim

Presidente se recupera de uma cirurgia para a retirada de uma bolsa de colostomia

08/02/2019 - 20h42

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Presidente já não apresenta mais sinais de febre, segundo o hospital
Presidente já não apresenta mais sinais de febre, segundo o hospital
(Foto: )

A equipe médica que cuida da saúde do presidente Jair Bolsonaro (PSL) informou na tarde desta sexta-feira (8) que retirou um dreno que estava posicionado no abdome do paciente. O chefe do Executivo se recupera de uma cirurgia realizada no dia 27 de janeiro, para a retirada de uma bolsa de colostomia, resultado do atentado que sofreu em setembro de 2018, antes das eleições.

Segundo o boletim divulgado pelo Hospital Albert Einstein, Bolsonaro teve boa melhora clínica nas últimas 24 horas. Ele segue internado na Unidade Semi-Intensiva.

Ainda conforme o documento, Bolsonaro apresentou melhora do quadro intestinal e boa aceitação da dieta líquida. Os médicos também retiraram uma sonda nasogástrica. Entretanto, ele permanece recebendo antibióticos e nutrição parenteral. O pesselista não teve mais febre, como ocorreu no dia anterior.

O presidente também tem feito exercícios respiratórios e está recebendo medidas de prevenção à trombose venosa. De acordo com o hospital, Bolsonaro realiza períodos de caminhada fora do quarto.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação