nsc
dc

EM  ZORTÉA

Membros do MST ocupam fazenda no Meio Oeste catarinense

07/09/2016 - 05h17 - Atualizada em: 07/09/2016 - 10h23

Compartilhe

Por Redação NSC

Cerca de 50 famílias que integram o Movimento dos Sem Terra (MST) ocuparam, nesta terça-feira, uma fazenda no interior da cidade de Zortéa, no Meio Oeste catarinense. De acordo com o grupo, a fazenda possui dívidas em impostos federais e, por essa razão poderia ser usada para reforma agrária. As informações são do Jornal RBS Notícias.

Famílias ligadas ao MST ocuparm área de mil hectares no Oeste de SC

Famílias do MST reivindicam área de plantação de pínus no Oeste de SC

Essa é a quarta vez que o MST ocupa a área com cerca de 800 hectares. Na última ação, que durou cerca de seis meses, as famílias saíram do local após uma reintegração de posse em abril deste ano. Os donos da fazenda informaram que a dívida foi parcelada e que pretende recorrer à Justiça para que as famílias deixem a área.

Ocupações em Santa Catarina

De acordo com Fábio Reis, um dos integrantes do movimento, outros quatro acampamentos estão acontecendo no Estado. A última a ser fixada foi em Xanxerê, onde 300 famílias ocuparam no último mês, uma área rural na cidade. Há também outras duas no Norte de SC e uma em Abelardo Luz.

Leia as últimas notícias do Diário Catarinense

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas