nsc

publicidade

Segurança

Menina de 12 anos e padrasto são encontrados mortos na zona Leste de Joinville

Crime ocorreu na manhã desta sexta-feira. Polícia Civil investiga o caso

29/11/2019 - 10h29 - Atualizada em: 29/11/2019 - 13h12

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
foto mostra a casa de madeira pintada de branco onde ocorreu o crime
Menina estava na casa do padrasto quando ocorreu o crime
(Foto: )

Uma menina de 12 anos e um homem foram encontrados mortos a tiros no bairro Iririú, na zona Leste de Joinville, na madrugada desta sexta-feira, 29. O crime teria ocorrido por volta da 1 hora da madrugada. Tanto a menina quanto o homem, que seria seu padrasto, foram atingidos na cabeça pelos disparos.

A Polícia Militar registrou que, ao chegar ao local, a porta estava trancada por dentro e a mãe estava do lado de fora.

A Polícia Civil foi acionada e está investigando o caso. Segundo a versão da mãe à Polícia Civil, ela estava terminando um relacionamento com o homem e havia chamado a menina para ir embora da casa com ela quando o ex-companheiro entrou em surto e atirou contra a menina. Em seguida, cometeu suicídio.

Segundo o delegado Murilo Batalha, da Delegacia de Homicídios de Joinville, a mãe estava em choque e será ouvida novamente em depoimento nos próximos dias. Ele informou que o homem era João Fabio Salles de Borba, mais conhecido como João Silva, e tinha 43 anos. O nome da menina era Maria Clara Bordin Guilherme.

Mais tarde, ainda na manhã do crime, o delegado Dirceu da Silveira Júnior afirmou que seguirá, na investigação, a hipótese de que o padrasto cometeu o crime.

​Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.​

Leia também:

Corpo de homem é encontrado no bairro Profipo, em Joinville

Ciclista é encontrado morto na Serra Dona Francisca

Deixe seu comentário:

publicidade