nsc

publicidade

Mistério

Michael Schumacher é hospitalizado para tratamento em sigilo na França 

Segundo jornal francês, ex-piloto deu entrada no Georges-Pompidou, em Paris  

09/09/2019 - 21h21 - Atualizada em: 09/09/2019 - 21h25

Compartilhe

Por AFP
Ex-piloto sofreu acidente de esqui em 29 de dezembro de 2013, na França
Ex-piloto sofreu acidente de esqui em 29 de dezembro de 2013, na França
(Foto: )

O alemão Michael Schumacher, heptacampeão do mundo de Fórmula-1, foi internado no Hospital Georges-Pompidou, em Paris, nesta segunda-feira (9), para realizar "um tratamento no mais alto segredo". A informação é do jornal francês Le Parisien.

Consultado pela agência AFP, o hospital "nem confirmou, nem negou" a informação, que é protegida pela confidencialidade entre paciente e médico. A família e o staff do ex-piloto de 50 anos não quiseram se pronunciar.

Segundo o Le Parisien, Schumacher foi admitido na unidade de supervisão contínua do serviço de cirurgia cardiovascular de Philippe Menasché, pioneiro em terapia celular para tratar insuficiência cardíaca.

No hospital, o alemão estaria recebendo injeções de células-tronco com o objetivo de realizar uma ação anti-inflamatória sistêmica, ou seja, em todo o organismo, explica o Le Parisien.

Schumacher não é visto em público desde que sofreu traumatismo craniano após um acidente de esqui em 29 de dezembro de 2013 em Méribel, nos Alpes franceses. Desde então, pouquíssimas informações foram reveladas sobre seu estado de saúde.

Leia também

Empresária de Schumacher revela motivo de manter estado de saúde do ex-piloto em segredo

Schumacher reage e chora ao ver belezas naturais, diz revista

Hamilton é pentacampeão de F1 no México em prova vencida por Verstappen

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade