nsc
    dc

    Pandemia

    Homens morrem mais por coronavírus em SC e Vale do Itajaí é a região mais afetada

    Dados sobre as mil mortes no Estado revelam perfil com mais letalidade e concentração de 35% dos óbitos em apenas uma região

    30/07/2020 - 08h22 - Atualizada em: 30/07/2020 - 08h24

    Compartilhe

    Cristian Edel
    Por Cristian Edel Weiss
    Maior número de mortes por Covid-19 em SC é entre homens
    Maior número de mortes por Covid-19 em SC é entre homens
    (Foto: )

    O panorama de Santa Catarina após registrar mil mortes de coronavírus tem o Vale do Itajaí como a mesorregião mais afetada, os homens como as principais vítimas, uma taxa de letalidade que atinge uma em cada quatro pessoas acima de 70 anos e se concentrou nas últimas três semanas. Dos 293 municípios com casos confirmados, 146 já tiveram pelo menos uma morte.

    > É falso que hospitais de SC recebem R$ 18 mil por cada morte registrada como Covid-19

    Praticamente 35% das mortes de Covid-19 ocorreram em cidades do Vale do Itajaí. A microrregião mais afetada é a de Itajaí, onde quase uma em cada quatro mortes do Estado ocorreram. A microrregião abrange os municípios de Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Barra Velha, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha, Porto Belo e São João do Itaperiú.

    > Em site especial, saiba mais sobre o coronavírus

    Veja abaixo o gráfico das mortes de coronavírus por cidade de SC

    Mortes por Covid-19 por mesorregião

    Vale do Itajaí: 349 mortes 

    Norte: 175 mortes 

    Grande Florianópolis: 157 mortes 

    Sul: 149 mortes

    Oeste: 140 mortes

    Serrana: 32 mortes

    > Ocupação em leitos de UTI chega a 82,4% em Santa Catarina

    Mortes de coronavírus por microrregião

    Itajaí: 229 mortes

    Joinville: 154 mortes

    Florianópolis: 134 mortes

    Blumenau: 104 mortes

    Tubarão: 72 mortes

    Xanxerê: 55 mortes

    Criciúma: 55 mortes

    Chapecó: 32 mortes

    Joaçaba: 28 mortes

    Araranguá: 22 mortes

    Tijucas: 22 mortes

    Concórdia: 20 mortes

    Curitibanos: 16 mortes

    Lages: 16 mortes

    Canoinhas: 13 mortes

    Rio do Sul: 11 mortes

    São Bento do Sul: 8 mortes

    São Miguel do Oeste: 5 mortes

    Ituporanga: 5 mortes

    Tabuleiro: 1 mortes

    > Site engana ao dizer que baixa mortalidade por Covid-19 em Cuba é por conta da hidroxicloroquina

    Perfil das vítimas de coronavírus em SC

    Entre as vítimas, 602 eram homens e 400, mulheres. Além disso, mais da metade (514), tinham entre 60 e 79 anos. A letalidade, proporção de mortes em relação ao total de casos, é maior entre os homens, já que as mulheres são a maioria da população diagnosticada com o vírus. Por isso a pirâmide etária das vítimas é bem desequilibrada para o lado masculino.

    Mas as faixas etárias que apresentam a maior letalidade são de pessoas a partir de 80 anos: para cada quatro ou cinco contaminados, um morre. Esse índice cai bastante na faixa etária entre 70 e 79: para cada 10 um morre. A média geral de letalidade em SC está em 1,3%.

    > Número de mortes por coronavírus em SC pode triplicar em 1 mês, diz secretário de Saúde

    Dia com mais mortes de coronavírus em SC

    Desde o início da pandemia, o dia que concentra mais mortes ocorridas em 24 horas é a última sexta-feira (24/7). Foram 36 óbitos, média de uma morte por covid-19 a cada 40 minutos.

    Como já noticiamos, as duas últimas semanas concentraram praticamente 40% das mortes de toda a pandemia em SC. Mas esta já registra 69 desde domingo, média de 17 diárias.

    Julho, que se encerra nesta sexta-feira, já registrou 628 mortes. Somados, os casos de março a junho chegam só a 374. A média diária de mortes em julho é de 21. Antes, apenas junho tinha o índice maior, mas ainda assim era três vezes mais baixo do que julho, encerrando em 7 mortes diárias.

    > Saiba o risco de contaminação por coronavírus nos bairros de Santa Catarina

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas