nsc
dc

Política

Militares ocupam 18% dos cargos comissionados em 70 órgãos do governo Bolsonaro

Do total de militares hoje no governo, 598 são da reserva e 2.075, da ativa

01/08/2021 - 13h24

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Bolsonaro em cerimônia de hasteamento da bandeira no Palácio da Alvorada
Bolsonaro em cerimônia de hasteamento da bandeira no Palácio da Alvorada
(Foto: )

Desde o início, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) apostou na participação dos militares em sua gestão, e a presença de integrantes das Forças Armadas rapidamente se espalhou por quase toda a estrutura administrativa: em março deste ano, havia 2.673 militares ocupando cargos comissionados em 70 órgãos do governo federal.

> Motociata de Bolsonaro vai mexer no trânsito da Ilha, em Florianópolis

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Esse contingente hoje é responsável por grande parte da burocracia estatal, em áreas que vão além do Ministério da Defesa e incluem de Saúde à Educação, do Meio Ambiente à Economia.

O quantitativo representa 18,3% dos 14,6 mil cargos comissionados listados no cadastro de servidores em março de 2021. Do total de militares hoje no governo, 598 são da reserva e 2.075, da ativa.

> Bolsonaro tem encontro com Adriano Silva para tratar da visita a Joinville

Relatório do Tribunal de Contas da União (TCU), divulgado em julho deste ano, apontou que o número de militares no governo Bolsonaro em cargos em comissão passou de 1,9 mil em 2018, último ano do governo de Michel Temer (MDB), para 2,6 mil em 2020, um aumento de 36,8%. O índice segue estável, após ter uma leve subida em janeiro de 2021, quando chegou a 2,7 mil.

*Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

**Por Lucas Marchesini.

Leia também:

Bolsonaro diz que "não tem como comprovar se eleições foram fraudadas"

Bolsonaro rebate STF sobre gestão na pandemia: "fake news"

Centrão faz apelo e pede a Bolsonaro que modere discurso sobre urnas após live com mentiras

Colunistas