nsc

publicidade

Polêmica

Ministério Público cogita investigar suástica no fundo de piscina em Pomerode

Promotoria avalia solicitar ao delegado a abertura de um inquérito criminal para apurar os fatos

11/12/2014 - 06h21 - Atualizada em: 11/12/2014 - 07h10

Compartilhe

Por Redação NSC
Foto foi feita durante o deslocamento de uma aernave que participava de uma operação de resgate
Foto foi feita durante o deslocamento de uma aernave que participava de uma operação de resgate
(Foto: )

A promotora de Justiça responsável por Pomerode, Márcia Denise Kandler Bittencourt Massaro, avalia a possibilidade de solicitar ao delegado a abertura de um inquérito criminal para apurar os fatos. Até ontem Márcia não sabia da exata localização da residência onde está a piscina com a suástica e se mostrou surpreendida. Ela concorda com o delegado que o simples fato de ter o símbolo dentro da piscina não configura crime. No entanto, outros fatores precisam ser levados em consideração:

- Se ele recebe um grupo de alunos ou outras pessoas e manifesta sua convicção, isso precisa ser apurado. As pessoas próximas precisam ser ouvidas para sabermos se ele faz algum tipo de apologia nazista - avaliou

::: Santa Catarina tem herança histórica de ideais propagados por Hitler

::: Imagens de suástica em piscina em Pomerode e em cartazes em Itajaí reacendem debate sobre nazismo no Vale do Itajaí

::: Delegacia de Pomerode não irá investigar presença de suástica no interior de piscina

Márcia afirma que para iniciar o trabalho precisa de elementos concretos. Assim, poderá solicitar a investigação ao delegado de Pomerode. A partir desse momento testemunhas são ouvidas e o inquérito é encaminhado ao Ministério Público, que opta por dar continuidade ao processo ou arquivá-lo.

- Este caso não chegou até mim formalmente. A partir do momento que for formalizado, penso que no mínimo poderia ser apurado.

Deixe seu comentário:

publicidade