nsc

publicidade

Economia

Ministro apresenta na Capital programa com foco na rota "Serra e Mar Catarinense"

Parceria entre MTur, Embratur, Sebrae e secretarias busca potencializar o desenvolvimento turístico em 30 percursos de todo o Brasil, com o investimento de  R$ 200 milhões

13/08/2019 - 21h18 - Atualizada em: 14/08/2019 - 12h03

Compartilhe

Por Redação NSC
Encontro ocorre no CentroSul, na Capital
(Foto: )

Na noite desta terça-feira (13), o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, está em Florianópolis para apresentar o 14º seminário itinerante do Programa Investe Turismo. A iniciativa tem o objetivo de contemplar 30 caminhos em todos os Estados brasileiros para reunir agentes públicos e privados em ações de gestão integradas em qualificação.

No Estado, o destaque é a rota "Serra e Mar Catarinense", que conecta 19 cidades: Florianópolis, Lages, São Joaquim, Urubici, Palhoça, Garopaba, Imbituba, Laguna, Balneário Camburiú, Bombinhas, Penha, Porto Belo, Blumenau, Brusque, Itajaí, Timbó, Pomerode, São Francisco do Sul e Joinville.

Ao todo 158 destinos nacionais serão contemplados com a inciativa. No Estado, a parceria foi formada entre Sebrae-SC, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina, o Ministério do Turismo (MTur).

A intenção é identificar oportunidades de negócios, políticas públicas e outras ferramentas oferecidas pelo programa para potencializar o desenvolvimento da atividade turística local.

— O ministério uniu parceiros estratégicos para acelerar o crescimento do setor e promover melhor o país. É tempo de desenvolvimento, e juntos somos mais fortes para gerar emprego e renda para o Brasil — afirma o ministro.

O investimento inicial é de R$ 200 milhões. Gilson Machado, presidente Embratur, disse acreditar no potencial do turismo como motor da recuperação econômica do país. Nos primeiros seis meses de 2019, o turismo de negócios movimentou mais de R$ 3,3 bilhões.

Gean Loureiro, prefeito de Florianópolis, afirmou que a cidade busca se concretizar de maneira intensa como destino turístico e que o mês de agosto, antes o pior para o setor hoteleiro, é um dos mais importantes para a Capital. “Sediaremos 60 eventos nesse mês.”

Vejas as rotas e os municípios contemplados aqui.

Deixe seu comentário:

publicidade