publicidade

Política
Navegue por

Visita ao Sul

Ministro de Minas e Energia conhece projeto de captura de CO2 em Criciúma  

Bento Albuquerque está na cidade e participa do Fórum Parlamentar Catarinense

24/05/2019 - 12h03 - Atualizada em: 24/05/2019 - 12h17

Compartilhe

Lariane
Por Lariane Cagnini
Diretor executivo da SATC Fernando Luiz Zancan explicou o projeto ao ministro
(Foto: )

O ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque visita o Sul de Santa Catarina nesta sexta-feira. Ele está em Criciúma, onde conheceu o projeto de captura de CO2 desenvolvido pelo centro tecnológico da Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina (SATC). Depois, ele participou do Fórum Parlamentar Catarinense, onde ouviu lideranças e demandas da região.

De acordo com a SATC, a planta piloto é um projeto pioneiro na América Latina, e foi planejado para abater 2,5 toneladas de CO2 por dia. Desenvolvido pela SATC em parceria com a Eneva S/A, o projeto utiliza um material sólido, as zeólitas, como uma espécie de filtro. A intenção é produzir essas partículas absorventes a partir das cinzas do carvão mineral. Nos próximos dez meses, a planta piloto estará em testes.

Foram investidos R$ 10 milhões na construção da planta, com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e da empresa parceira. O ministro gostou do que viu, disse que o Brasil é referência em energia sustentável e que projetos como esse são o futuro.

— Para minha satisfação há uma associação entre a indústria, a atividade econômica e a inovação, educação e desenvolvimento tecnológico, que é vital para a sustentabilidade de uma atividade que é muito importante regionalmente. O importante para os empreendedores é a previsibilidade que temos que dar, para que possam se planejar para o futuro e que as pessoas tenha condição de fazer seus investimentos sabendo que nós temos garantias —comentou.

Fórum Parlamentar Catarinense

O ministro também participou do Fórum Parlamentar Catarinense, realizado na Associação Empresarial de Criciúma (ACIC) durante a manhã. Deputados catarinenses se reuniram no encontro, que contou também com a presenta do governado Carlos Moisés (PSL). Ele garantiu R$ 6 milhões para a instalação do Centro de Inovação, que irá funcionar em um prédio da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) na região central da cidade.

Albuquerque recebeu demandas das lideranças locais, mas não anunciou nenhum projeto imediato ou destinação de recursos para a região. A viagem do ministro ao Sul do Estado foi articulada pelo deputado federal Daniel Freitas (PSL).

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação