nsc

publicidade

Série B

Moldado no equilíbrio, clássico Figueirense x Avaí tem novo capítulo neste sábado

Equipes se enfrentam às 16h30min, no Orlando Scarpelli 

12/05/2018 - 04h14

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Clássico do equilíbrio. A equivalência entre Figueirense e Avaí ultrapassa o histórico recente, de empates nos cinco encontros que tiveram desde o ano passado. A proposta dos times para o duelo das 16h30min deste sábado, pela Série B do Campeonato Brasileiro, no Orlando Scarpelli, aponta para a igualdade. O time da casa tem a efetividade que tem faltado ao visitante, por exemplo. O Figueira troca mais passes para chegar ao ataque, mas o Leão chega mais vezes sem tantos toques. O que um tem, ao outro falta.

Não faltou também mistério dos dois lados da ponte Hercílio Luz na preparação para o clássico número 442. As dúvidas sobre a condição de jogadores foi potencializada com os treinamentos com portões fechados. Ao técnico Milton Cruz, do Figueirense, serviu para “preservar a equipe”. Para o treinador Geninho, do Avaí, ainda contribui para um “charminho”. Justificativas de comandantes que têm problemas para escalar as equipes.

Betinho é importante ao Figueira, tanto que a equipe perdeu enquanto esteve ausente, na rodada passada. O volante foi baixa no começo da semana de preparação, mas deve estar em campo. O meia Renan Mota é desfalque certo e o retorno de Maikon Leite à titularidade se apresenta como alternativa mais clara. O mesmo ocorre com o centroavante André Luis, plenamente recuperado para voltar a ser o homem alvinegro mais ofensivo.

Do lado azurra, as interrogações estão no meio. Pedro Castro e Renato, importantes pelos passes e reforço nas jogadas de ataque, respectivamente, são as dúvidas. Matheus Barbosa, destaque do Tubarão no Estadual, pode aparecer entre os 11. Se recuperado das dores nas costas, Renato deve estar em campo porque jogador em bom momento é indispensável em um clássico que vai além dos três pontos na Série B do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE

Denis; Diego Renan, Nogueira, Eduardo e G. Lazaroni; Zé Antônio, Betinho, G. Ferrareis, Jorge Henrique e Maikon Leite; André Luis. Técnico: Milton Cruz.

AVAÍ

Aranha; Alemão, Betão e Airton; Guga, Judson, Matheus Barbosa, Renato e Capa; Romulo e Rodrigão. Técnico: Geninho.

ARBITRAGEM: Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos (trio do PR).

DATA E HORA: às 16h30min desde sábado.

LOCAL: Orlando Scarpelli.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018

Leia sobre o Figueirense

Saiba tudo sobre o Avaí

Deixe seu comentário:

publicidade