publicidade

Cotidiano
Navegue por

Boa ação

Morador de rua de Joinville encontra carteira com dinheiro e entrega à polícia

O dono estava em Blumenau e não havia sentido falta da carteira

10/07/2019 - 16h41 - Atualizada em: 10/07/2019 - 18h23

Compartilhe

Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Os policiais retribuíram o ato e pagaram um café a Arlindo
(Foto: )

Uma boa ação foi registrada pela Polícia Militar na manhã desta quarta-feira (10) em Joinville. Um morador de rua encontrou uma carteira com R$ 366 e documentos, na Rodoviária de Joinville. No mesmo instante, o morador Arlindo entregou a carteira aos policiais do Bike Patrulha que circulavam pela região.

O policial militar Ricardo Viecco contou que entrou em contato com o proprietário e perguntou a quantia em dinheiro que havia dentro da carteira.

- Eu contabilizei e vi que o valor exato estava ali. Foi muito legal a atitude do morador. Geralmente as pessoas generalizam e relacionam a situação de rua à falta de caráter. Mas do jeito que ele achou a carteira, ele a devolveu – completa.

O proprietário, o comerciante Adriano Alvarenga, ainda não havia sentido falta da carteira e só percebeu quando recebeu a ligação da polícia. Ele é de Ibirama e havia passado por Joinville para seguir viagem de Maringá (PR) a Blumenau.

Durante a tarde, Adriano retornou a Joinville para buscar e ficou impressionado com a honestidade do homem e das pessoas que fiscalizaram a carteira ao longo do dia.

- Não foram retiradas nem as notas de R$ 2, sendo que a carteira passou nas mãos de tanta gente - pontua.

Havia R$ 366 na carteira encontrada, além das documentações do comerciante
Havia R$ 366 na carteira encontrada, além das documentações do comerciante
(Foto: )

Ele conta que não sabe onde exatamente perdeu a carteira, mas que provavelmente foi no momento de retirar o tíquete do ônibus do bolso. Segundo ele, o dinheiro era para o pagamento de algumas contas.

- Qualquer outra pessoa, até mesmo as que não são moradoras de rua, poderiam pegar o dinheiro e devolver a carteira só com documento - ressalta o policial.

Para retribuir o ato de Arlindo, os policiais pagaram um café da manhã, já que ele ainda não havia comido e estava com fome.

Leia mais notícias de Joinville e região.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação