publicidade

Polícia
Navegue por

Crime

Moradora de Florianópolis é morta no Rio Grande do Sul 

Suspeita da Polícia Civil gaúcha é de que o próprio irmão tenha cometido o crime

11/07/2019 - 14h22 - Atualizada em: 11/07/2019 - 14h25

Compartilhe

Por GaúchaZH

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul investiga o assassinato de uma mulher de 37 anos que ocorreu quarta-feira (10) no município de Canguçu, no sul do estado gaúcho. Segundo o registro policial, Jordana Müller da Costa, que morava atualmente em Florianópolis, foi morta a tiros dentro de um apartamento na área central da cidade. Jordana era deficiente física e, segundo testemunhas, um homem foi visto fugindo do local após tiros serem disparados.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Walquiria Meder, testemunhas afirmaram que uma possível disputa judicial pelos bens da mãe da vítima - que morreu recentemente - poderia ser a motivação para o crime.

— A linha de investigação aponta como principal suspeito o irmão de Jordana. Ouvimos testemunhas para saber a respeito da relação entre os dois, e algumas afirmaram que eles estavam brigando muito recentemente por conta do inventário dos bens da mãe deles que faleceu recentemente — afirmou a delegada.

A Polícia Civil faz buscas na cidade para tentar localizar o suspeito. Desde o momento do crime, o homem não foi mais encontrado.

O corpo de Jordana foi sepultado nesta quinta-feira (11) no Cemitério Municipal de Canguçu, cidade que era natural e onde sua família morava.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação