nsc
an

Boas histórias

Moradora de Santa Cecília "pega carona" com policiais para fazer transplante em Joinville

Na lista de espera do transplante de rim há dois anos, ela precisava chegar em Joinville em poucas horas

18/06/2020 - 15h12 - Atualizada em: 18/06/2020 - 15h30

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
foto mostra mulher com outra jovem e os dois policiais
(Foto: )

No final da tarde de quarta-feira (17), uma moradora de Santa Cecília, no Planalto Serrano de Santa Catarina, recebeu uma boa notícia: havia um rim para transplante disponível para ela em Joinville. No entanto, ela precisava chegar à cidade, que fica a 162 quilômetros de distância, até as 22 horas, ou perderia a oportunidade.

A família não teve dúvidas: a mulher, que tem 54 anos, já estava na lista de transplante há dois anos. Para garantir que ela conseguiria chegar a tempo, procuraram a Polícia Rodoviária Federal de Santa Cecília e fizeram o pedido "de carona".

Às 18h40, ela entrou na viatura da PRF e o agentes iniciaram o deslocamento. Às 21h40, a cecilense chegou aos Hospital São José, em Joinville, e conseguiu passar pela cirurgia.  

Colunistas