nsc
nsc

Seu Problema é Nosso

Moradora dos Ingleses, em Florianópolis, relata falta de vacinas contra o rotavírus nos Postos de Saúde

Lotes da vacina foram suspensos pela Anvisa por "desvio de qualidade"

15/08/2017 - 03h18

Compartilhe

Por Redação NSC

A falta da vacinas tem sido um problema para os moradores da Grande Florianópolis. Desde o início do mês, a moradora dos Ingleses, na Capital catarinense, Karen Trincadov tenta conseguir a aplicação da vacina contra o retrovírus em sua filha de dois meses, sem sucesso. A vacina é um imunizante oral utilizado para a proteção contra diarreia e vômito causados pela infecção por rotavírus humano.

— Fui nos postos de Saúde dos Ingleses, Rio Vermelho e Barra da Lagoa e me informaram que as vacinas contra o rotavírus estão em falta e que não sabem quando voltará ao normal. A pentavalente, só consegui na quinta-feira (10), depois de muito tentar. Como mãe, estou me sentindo impotente — desabafou.

De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive-SC), desde junho estão suspensas a distribuição e utilização de todos os lotes existentes no estoque nacional da vacina contra o rotavírus. Orientação partiu do Ministério da Saúde, por meio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) devido à constatação de "desvio de qualidade".

O órgão não informou a previsão para a redistribuição da vacina contra o rotavírus, mas afirmou que o estoque da vacina pentavalente está normalizado em Santa Catarina.

Leia mais notícias da Grande Florianópolis

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas