nsc

    Empresas e Negócios

    "Moramos no depósito por dois anos", conta dono de cafeteria no aeroporto

    "Careca do Bulebar" agora atende no terminal novo e mantém mais três filiais em Santa Catarina

    13/01/2020 - 21h18

    Compartilhe

    Por Redação CBN Diário

    Após 17 anos como única lanchonete no piso superior do antigo Aeroporto Hercílio Luz, a Bulebar Café agora está no novo e moderno terminal de passageiros de Florianópolis. A loja fica na área de embarque, em frente ao portão 11. Em entrevista ao Empresas e Negócios deste sábado (11), Ascendino Antônio de Souza, o Careca do Bulebar, lembrou seu começo como garçom, as frustrações decorrentes do Plano Collor e da crise do camarão, até a guinada para o sucesso.

    Ascendino Souza, o Careca, foi entrevistado por Mário Motta
    Ascendino Souza, o Careca, foi entrevistado por Mário Motta
    (Foto: )

    Natural de Angelina, Careca foi garçom por mais de oito anos, até que decidiu empreender, o que exigiu muito sacrifício da família:

    — Vendi casa, carro, tudo e comprei um ponto comercial em São José, o Mar Aberto. Foram nove anos de luta. Moramos dentro do depósito do restaurante por dois anos.

    O confisco da poupança, no começo do governo de Fernando Collor de Melo, foi a "pá de cal" no empreendimento.

    — Levantei a cabeça, fui no aeroporto de novo, e montei uma peixaria. Fiquei tocando ela três anos. Então veio outra paulada: a mancha branca do camarão.

    Até que o Aeroporto abriu licitação para uma lanchonete.

    — Eu disse: agora é minha vez.

    Era mesmo.

    Hoje, a Bulebar está na área de embarque do novo aeroporto, em frente ao Portão 11, na Cassol de Campinas, na Cassol da Praia Brava de Itajaí e no Shopping Via Catarina na Palhoça.

    Quer saber como? Ouça a entrevista:

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Economia

    Colunistas