nsc
    an

    Homenagem

    Morre o jornalista Narciso Batista Souza, ex-editor de A Notícia

    Narciso ficou conhecido pela coordenação da cobertura dos Jogos Abertos de SC

    20/11/2019 - 14h51

    Compartilhe

    Hassan
    Por Hassan Farias
    Narciso Batista Souza
    Narciso Batista Souza
    (Foto: )

    O jornalista e ex-editor do jornal A Notícia, Narciso Batista Souza, de 75 anos, morreu na tarde da última terça-feira em Joinville. Ele trabalhou durante muitos anos na redação de AN e, entre as funções, ocupou a coordenação da cobertura dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Ele está sendo velado na Capela 1 do Borba Gato e será sepultado às 16 horas no Cemitério Municipal.

    Um dos colegas de redação de Narciso, no período em que trabalhou no AN, foi o jornalista Edenilson Leandro. Ele conviveu na redação com o amigo por pelo menos dez anos entre o fim da década de 1980 e o início dos anos 2000.

    — Ele parecia uma pessoa fechada, mas era muito brincalhão. Conversava com todo mundo, orientava todos e era do tipo paizão da redação — conta.

    Quando Edenilson chegou ao jornal, Narciso trabalhava como responsável por distribuir os anúncios publicitários nas páginas de AN. Como não havia computadores na época, ele fazia tudo à mão, com o auxílio de uma régua e uma caneta. Além disso, era editor de áreas como Esporte, Geral e Estado.

    No entanto, era muito conhecido por sua ligação com o esporte ao coordenar a cobertura dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Era ele quem montava a equipe e acompanhava os colegas durante a competição todos os anos. Segundo Edenilson, Narciso gostava de acompanhar o atletismo.

    — Ele gostava muito de cobrir o atletismo e não abria mão disso. Ia para a pista, acompanhava e depois fazia matérias com os resultados. Em 1991, no JASC de Chapecó, ele me entregou a cobertura do atletismo e achei muito legal dele fazer isso porque era algo que ele gostava muito — recorda.

    Encontro de jornalistas que trabalhavam em AN, com a presença de Narciso (3º em pé à esquerda)
    Encontro de jornalistas que trabalhavam em AN, com a presença de Narciso (3º em pé à esquerda)
    (Foto: )

    Uma das lembranças de Edenilson foi da cobertura da morte do piloto Ayrton Senna, em 1994. O jornalista estava de folga, quando ouviu após o almoço a buzina em frente de casa. Era Narciso com a cabeça para fora do carro dizendo "vamos trabalhar porque tá todo mundo convocado". E assim foram todos preparar a edição do jornal sobre o acontecimento histórico para o esporte brasileiro.

    Nas redes sociais, muitos amigos e ex-colegas de redação fizeram publicações lamentando a morte do jornalista, recordando histórias da época de AN e demonstrando o carinho por Narciso. Antes de trabalhar no jornal A Notícia, ele também foi radialista e atualmente vivia em Balneário Piçarras. Narciso era casado e deixa três filhos.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas