nsc

publicidade

Violência

Mortes brutais chocam pequena cidade do Alto Vale do Itajaí

Casal de idosos foi morto a pauladas em Vitor Meireles no sábado à noite; polícia civil trabalha com hipótese de latrocínio

17/09/2018 - 17h24

Compartilhe

Por Redação NSC
José e Tereza moravam sozinhos na casa a 20 quilômetros do Centro do município
José e Tereza moravam sozinhos na casa a 20 quilômetros do Centro do município
(Foto: )

O assassinato de José Floriano da Silva, 74 anos, e Tereza Calizário da Silva, 57 anos, chocou a pequena cidade de 5 mil habitantes do Alto Vale do Itajaí, Vitor Meireles. A polícia investiga a morte do casal de idosos a pauladas e facadas neste fim de semana e suspeita de latrocínio, roubo seguido de morte.

O casal morava sozinho em uma casa a 20 quilômetros do Centro de Vitor Meireles. Os corpos com diversos ferimentos foram encontrados em um barranco a alguns metros da residência por volta das 13h de domingo, mas a polícia suspeita que o crime tenha acontecido às 21h de sábado.

O delegado de Ibirama, Thiago Cardoso Silva, começou a ouvir as testemunhas nesta segunda-feira à tarde. Silva explica que o local é ermo e o vizinho mais próximo fica a 800 metros, o que dificulta a investigação.

— A primeira linha de investigação é latrocínio, pois já foi confirmado que foi subtraído alguns bens da residência, como uma televisão. Agora tem que esperar laudo do IML para saber causa da morte, se houve tiro e para confirmar se houve tortura ou não.

Jocemar Silva, dos bombeiros voluntários de Vitor Meireles, disse que foram acionados por volta das 13h30min de domingo. Quando chegaram ao local, a Polícia Militar já isolava a área.

— Em um ano de atuação nos bombeiros, eu já vi homicídio, mas não como esse.

Residência do casal de idosos
Residência do casal de idosos
(Foto: )

Quem tem qualquer informação deve entrar em contato com a polícia pelo 181. A denúncia é anônima.

* Com informações de Marina Dalcastagne

Casal de idosos é assassinado em Vitor Meireles, no Alto Vale do Itajaí

::: Leia mais notícias no Jornal de Santa Catarina

Deixe seu comentário:

publicidade