Um motoqueiro suspeito de apalpar a nádega de dezenas de mulheres em pelo menos quatro cidades do Norte catarinense foi preso na manhã desta quarta-feira (6) em Jaraguá do Sul. De acordo com a polícia, ele tem 51 anos e é acusado de importunação sexual.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp

Grupo que furtava caminhonetes de luxo em Balneário Camboriú e região é alvo da polícia

O mandado de prisão foi cumprido por agentes da Delegacia de Proteção à Mulher (Dpcami) e, segundo a polícia, o homem, a bordo de uma Honda/Bros vermelha, assediava as mulheres na rua, tanto pedestres quanto outras motociclistas. A última vítima a denunciar, inclusive, chegou a cair da moto e se machucar.

Além de cometer o crime em Jaraguá do Sul, o motoqueiro também fez vítimas em Guaramirim, Corupá e Schroeder. Pelo menos 18 mulheres registraram boletim de ocorrência, mas a polícia acredita que o número de vítimas possa ser maior.

Continua depois da publicidade

As investigações duraram cerca de um ano e meio e houve dificuldade em identificar o autor, já que, inicialmente, conforme os delegados Rui Orestes Kuchnir e Sirlei Gutoski, que estiveram à frente do caso, ele agia apenas à noite. Nos últimos dias, no entanto, estava cometendo as importunações também à luz do dia.

O motoqueiro foi preso em casa, na cidade de Jaraguá, e, após prestar depoimento, foi encaminhado ao presídio.

Leia também

Bombeiros são mobilizados para resgatar onça, mas se deparam com coberta na BR-101

Homem que pediu ajuda da própria filha para matar namorada é condenado em SC

Prefeito de Massaranduba, preso na Operação Mensageiro, renuncia ao cargo

Destaques do NSC Total