publicidade

Cotidiano
Navegue por

Em Florianópolis 

Motorista de ambulância se recusa a subir ladeira e idosa é carregada por vizinhos e familiares

Nora de dona Terezinha, 91 anos, conta que inicialmente queriam enrolar a sogra em um plástico para transportá-la

18/07/2019 - 08h29 - Atualizada em: 18/07/2019 - 14h43

Compartilhe

Por Redação NSC

No início desta semana, em Florianópolis, uma idosa de 91 anos, que teve um AVC há 17, foi carregada de forma improvisada, já que o motorista da ambulância se recusou a deixá-la em casa. As informações são da NSC TV.

O SAMU, que foi acionado pela família de dona Terezinha no último domingo, buscou a paciente na porta de sua residência mas, assim que a idosa recebeu alta, na segunda-feira de manhã, o motorista se recusou a deixá-la no mesmo local, na Vila Aparecida, região continental de Florianópolis.

Na situação, que foi gravada em vídeo por uma vizinha, o motorista alega que, caso ele suba a ladeira e vá até o local, a embreagem do veículo pode estragar. É a partir deste momento que a família e os vizinhos ajudam o motorista e a enfermeira a carregar a paciente em uma maca.

Segundo apurações da reportagem, a rua - de lajotas - não está em perfeito estado, mas não impede a passagem diária de carros e até do caminhão da coleta de lixo.

A nora de dona Terezinha também relata um acontecimento que chateou os conhecidos e familiares:

— A gente já precisou da ambulância em outras ocasiões e todas as vezes subiram, pegaram ela na porta de casa e até fizeram a volta. Dessa vez eles queriam até enrolar ela num plástico para transportá-la.

Contraponto

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado da Saúde para entrevista, e a resposta foi feita através de uma nota da direção do Hospital Celso Ramos:

"Essa não é a conduta esperada dos profissionais e o atendimento pleno aos pacientes é uma das metas, incluindo o transporte adequado."

Além disso, uma sindicância será aberta para apurar a atitude do motorista.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação