nsc
    dc

    Lei Seca

    Motoristas de Florianópolis estão entre os que mais admitem que bebem e dirigem 

    Pesquisa do Ministério da Saúde mostra que 12,1% dos entrevistados na Capital catarinense assumiram que consomem álcool e pegam o volante. É o terceiro maior número do país

    01/09/2019 - 01h05 - Atualizada em: 01/09/2019 - 07h06

    Compartilhe

    Lucas
    Por Lucas Paraizo
    Blitz para fiscalizar embriaguez ao volante são realizadas com frequência em Florianópolis
    Blitz para fiscalizar embriaguez ao volante são realizadas com frequência em Florianópolis
    (Foto: )

    Se Santa Catarina lidera o ranking de infrações por embriaguez ao volante em rodovias atualmente, Florianópolis está em outra lista relacionada ao assunto. Segundo uma pesquisa de vigilância de fatores de risco do Ministério da Saúde, feita em 2017 e 2018, os moradores da capital catarinense estão na terceira posição do país entre as capitais quando o assunto é beber e dirigir. Na última edição da pesquisa, 12,1% dos entrevistados em Florianópolis assumiram que consomem álcool e pegam o volante. O número só é menor que o de Palmas (TO), com 14,2%, e Teresina (PI), 12,4%.

    Segundo os dados das multas da PRF em 2018, a maioria dos flagrantes nas rodovias ocorreu com motoristas em carros com placa de Santa Catarina. A proporção de visitantes de outros estados, no entanto, aumenta também nas multas por embriaguez em dezembro e janeiro — período de turismo intenso especialmente no Litoral catarinense.

    Foi exatamente neste período que a PRF flagrou os únicos cinco veículos estrangeiros conduzidos por motoristas bêbados em 2018, dentro do universo das 5.241 autuações. Os cinco casos foram em Biguaçu e Itapema, sempre à noite.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas