nsc
santa

Transporte coletivo

Motoristas e cobradores rejeitam proposta de reajuste da Blumob

Segundo o Sindetranscol, a categoria vai oficializar a decisão à empresa e pedir que negociação continue até haver consenso 

22/11/2018 - 15h44 - Atualizada em: 22/11/2018 - 15h47

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
(Foto: )

Os funcionários do transporte coletivo de Blumenau rejeitaram a proposta de reajuste apresentada pela Blumob. A negativa veio após duas assembleias feitas nessa quinta-feira, em que cerca de 320 motoristas e cobradores participaram.

Segundo o sindicato da categoria, o Sindetranscol, a decisão será oficializada à empresa. Por enquanto, paralisações dos ônibus estão descartadas. Os funcionários pedem que a negociação continue até que se chegue a um acordo.

O Sindetranscol reivindica, além do reajuste de 4% referente ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), aumento real de 5% na salário e aumento no vale-alimentação de R$ 730 para de R$ 820.

A empresa oferece a reposição da inflação, de 4%, e aumento gradativo na alimentação. De acordo com o sindicato, a proposta é de passar o auxílio para R$ 760 pelos próximos oito meses e para R$ 800 a partir de julho.

Leia também

::: Tarifa de ônibus em Blumenau será de R$ 4,20 a partir de 1º de dezembro ::: Prefeitura afirma que pedido do Sindetranscol pode fazer tarifa aumentar R$ 0,24

Assembleia Sindetranscol
Assembleia Sindetranscol
(Foto: )

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas