nsc
dc

Meio ambiente

MP investiga poluição na Praia de Laranjeiras em Balneário Camboriú

Promotoria fez inspeção conjunta com a Fatma e a prefeitura

03/02/2017 - 18h02 - Atualizada em: 24/07/2019 - 17h29

Compartilhe

Por Redação NSC
Foto: Luiz Carlos Souza / Especial

Ontem, o promotor André Otávio Vieira de Melo coordenou uma operação conjunta, com a Fatma e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, para tentar localizar possíveis focos de poluição. A inspeção, que já vinha sendo feita pela prefeitura, foi motivada por vídeos que circularam nas redes sociais e que mostravam um líquido escuro correndo para a praia, com aparência de esgoto.

Indícios descobertos pelos técnicos ambientais reforçaram as suspeitas do MPSC de que há irregularidade. O promotor fala em ¿indícios relevantes¿ de que estabelecimentos comerciais sejam responsáveis pelo despejo de esgoto não tratado.

Embora ainda não haja rede de esgoto em Laranjeiras, os estabelecimentos têm que ter tratamento próprio. E a maioria, de fato, tem _ mas é possível que não seja o suficiente para a carga de turistas que chega à praia no verão.

Nos próximos dias, técnicos da Fatma vão fazer uma perícia e entregar o laudo à promotoria. Os estabelecimentos também terão que apresentar ao Ministério Público os projetos das estações próprias de tratamento de efluentes.

Colunistas