nsc
hora_de_sc

Carnaval 2019

Musos da Hora 2019: Conheça os candidatos da Nação Guarani

Os vencedores serão conhecidos no dia 28 de fevereiro, em evento no Mercado Público 

18/02/2019 - 12h08

Compartilhe

Por Dayane Bazzo
Zezilaine Fraga e Jeferson Cravo são os candidatos pela escola Nação Guarani
Zezilaine Fraga e Jeferson Cravo são os candidatos pela escola Nação Guarani
(Foto: )

O concurso Musa e Muso da Hora 2019 apresenta nesta semana os candidatos que as seis escolas de samba do Grupo Especial de Florianópolis indicaram. As publicações seguirão a ordem do desfile definida pela Liga de Escolas de Samba de Florianópolis (Liesf): nesta segunda-feira (18) é a Nação Guarani, de Palhoça.

Amanhã será a Embaixada Copa Lord, depois Unidos da Coloninha, Protegidos da Princesa, Consulado e Dascuia. Apenas a Consulado não indicou um concorrente da ala masculina. No dia 25, iniciará a votação online no site da Hora.

O desfile final, com votação do júri e entrega das faixas, será no Mercado Público no dia 28, durante o Botequim do Jornal do Almoço. Os vencedores ganharão a faixa e um ensaio fotográfico para estampar a capa do jornal no sábado de Carnaval.

E aí, bora conhecer os candidatos, escolher aquele que irá representar a sua escola e torcer!

Conheça Zezilaine Fraga

Zezilaine Coelho da Silva Fraga, de 32 anos, tem o Carnaval no sangue. Neta do falecido Aliatar Fraga, um dos fundadores da escola Os Protegidos da Princesa, e prima de Chayeni Bittencourt, dois anos Rainha do Carnaval de Florianópolis e ex-candidata à Musa da Hora, ela cresceu dentro do pavilhão ao som da bateria.

Começou a desfilar na Protegidos aos sete anos, já foi primeira e segunda princesa, saiu pela escola União da Ilha da Magia e foi Rainha de Bateria no Bloco Ostra da Guigui.

Com o tempo, Zezilaine acabou se afastando da escola. Moradora do bairro Pacheco, em Palhoça, ela se dedica ao próprio negócio de marmitas, onde faz e vende os produtos – ela é cozinheira de mão cheia. Mas o amor pelo Carnaval falou mais alto há três anos, quando ela entrou para a Nação Guarani.

– A escola me abraçou, me acolheu e, pra mim, o Carnaval representa muita alegria, é um momento de esquecer todos aqueles problemas, deixar tudo de lado e cair na folia – afirma.

Zezilaine Fraga
Zezilaine Fraga
(Foto: )

Perfil

Nome: Zezilaine Coelho da Silva Fraga

Idade: 32 anos

Altura: 1,63

Peso: 68 quilos

Profissão: Cozinheira

Bairro: Pacheco, Palhoça

Desde quando na escola: Desde 2016 está na Nação Guarani, após passar um tempo fora do carnaval sem desfilar.

Campanha: “Quero levar este título para a escola não só por mim, mas pelo o meu bairro, representar minha escola, será uma honra para escola este título”.

Conheça Jeferson Cravo

Jeferson Cravo, 27 anos, sempre foi encantado pelo Carnaval, mas até dezembro de 2018 nunca tinha participado de uma escola de samba, apenas acompanhava pela TV. Ele trabalha com eventos e desde os 17 anos participa da Paixão de Cristo na Enseada de Brito, em Palhoça. Nas encenações ele sempre foi responsável pelo figurino, uma de suas paixões.

Foi também através deste trabalho que ele conheceu Luciana de Abreu, a tia Lu, da escola Nação Guarani. Foi ela quem convidou Jeferson para fazer parte da escola.

– Ela, sabendo do meu trabalho, achou que eu poderia agregar na escola, então eu fui, mas a princípio era só para ajudar com figurino. Só que quando eu comecei a participar dos ensaios, como gosto de sambar, falaram que eu era simpático e agora estou aqui, muito empolgado com tudo isso, o samba eu sei que vai me abrir portas – conta o candidato em entrevista.

Na Nação Guarani, sua nova casa, além de desfilar como destaque de ala, vai assinar todas as fantasias dos destaques de chão, da corte, dos musos e cidadão e cidadã samba.

Jeferson Cravo
(Foto: )

Perfil

Nome: Jeferson Cravo

Idade: 27 anos

Altura: 1,81

Peso: 79 quilos

Profissão: Promotor de eventos e auxiliar administrativo

Bairro: São Sebastião, Palhoça

Desde quando na escola: Desde o final de 2018, quando entrou na escola para ajudar com os figurinos e hoje ensaia para ser destaque de ala.

Campanha: "Quero ser o Muso da Hora por toda a luta e garra, por toda essa batalha que a gente está tendo para representar o pavilhão. Seria um grande presente para a escola”.

Conheça os sambas das escolas da Grande Florianópolis para o Carnaval 2019

Colunistas