nsc
Ouça ao vivo

publicidade

Estiagem

“Não adianta ampliar a captação sem uso racional da água”, alerta Defesa Civil de Florianópolis

O que o município proibiu, como lavar carros, calçadas e prédios públicos, a população deve evitar 

09/08/2019 - 10h13 - Atualizada em: 09/08/2019 - 10h17

Compartilhe

Por Redação CBN Diário
Cidadão laca carro com uma mangueira
Lavagem de carros deve ser evitada ou feita sem uso de mangueira
(Foto: )

O decreto que restringe o uso da água pela prefeitura de Florianópolis, abrangendo todos os bens municipais, é uma medida de conscientização:

– É uma medida pedagógica – define o coordenador da defesa civil de Florianópolis, Luiz Eduardo Machado.

Na quinta-feira (8), o prefeito Gean Loureiro assinou um decreto que proíbe o uso da água, no âmbito dos órgãos do município, para usos como lavagem de carros, de calçadas e de prédios públicos. Para o restante da população, a restrição não vigora, mas o município apela para a todos como esse sejam evitados enquanto durar a estiagem – e porque não, em definitivo:

— Se as pessoas não tiverem racionalidade e responsabilidade, pode ampliar em 100% a captação e o fornecimento que vamos ter problemas – alerta Machado.

Em entrevista ao Notícia na Manhã desta sexta-feira (9), o coordenador da Defesa Civil também respondeu a Mário Motta sobre planos de contingência para situações de emergência, como a reversão de uma faixa na Ponte Colombo Salles testada no último sábado.

A prefeitura também divulga uma série de recomendações à população:

- Tomar banhos curtos.

- Fechar a torneira ao escovar os dentes e fazer a barba.

- Não lavar a louça com água corrente; abrir a torneira apenas para enxaguar.

- Não lavar roupa com água corrente.

- Só ligar as máquinas de lavar louça e de lavar roupa com capacidade total, pois o consumo é igual se ela não estiver cheia.

- Não usar água como vassoura. Em calçadas e áreas pavimentadas, primeiro varrer a sujeira, depois lave com a utilização de um balde.

- Evitar lavar o carro. Se lavar, não usar mangueira, mas balde e pano.

- Reaproveitar a água usada na lavação de roupas para outros fins, como lavar calçadas.

- Não jogar água nas ruas: água não é pavimentação.

- Regular a válvula de descarga: esse cuidado pode reduzir o consumo pela metade.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

publicidade

Colunistas

    publicidade

    publicidade

    publicidade