nsc

publicidade

Não está contente

"Não é confortável", afirma Gum sobre momento da Chapecoense

Verdão do Oeste tem quatro pontos em quatro jogos e é o 13º colocado na Série A

14/05/2019 - 18h28 - Atualizada em: 14/05/2019 - 18h52

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona
Gum, bicampeão brasileiro pelo Fluminense, é um dos jogadores mais experientes da Chapecoense
Autor do gol na derrota contra o Flamengo, Gum quer Chapecoense na primeira página da tabela
(Foto: )

Com quatro pontos em quatro jogos, aproveitamento de 33% e 13ª colocação na tabela do Campeonato Brasileiro, a situação da Chapecoense não é ruim, mas a posição a apenas um ponto da zona de rebaixamento incomoda um pouco os jogadores da Chapecoense.

Esse sentimento foi demonstrado pelo zagueiro Gum, em entrevista coletiva nesta terça-feira.

- É até normal pela dificuldade do Campeonato Brasileiro e pelos adversários que enfrentamos, mas não é confortável. Queremos fazer melhor. Queremos uma colocação na tabela muito melhor. Demonstramos futebol para isso mas por um detalhe ou outro a bola não entrou ou acabamos tomando gol – disse o zagueiro.

Questionado sobre os dois jogos sem somar ponto fora de casa o jogador argumentou que a Chapecoense não jogou mal, mas poderia ter conquistado pontos mesmo diante de adversários difíceis como Corinthians e Flamengo.

Mas ressalta que no momento é muito importante fazer a lição de casa, diante do Fortaleza.

- Agora é trabalhar pois temos um jogo difícil diante do Fortaleza e aqui em casa precisamos vencer para subir na tabela – destacou.

Ele afirmou que não dá para deixar escapar a vitória como no jogo contra o Athletico. O zagueiro também demonstrou que além de defender pode ser uma boa alternativa de ataque em cobranças de bolas paradas, como no gol contra o Flamengo, em que aproveitou sua boa estatura em cobrança de escanteio e marcou de cabeça.

O confronto contra o Fortaleza é às 16h de domingo, na Arena Condá.

Deixe seu comentário:

publicidade