nsc

publicidade

Apresentação

"Não vim para fazer apenas nove jogos", diz novo técnico da Chapecoense

Claudinei Oliveira avalia positivamente elenco

18/10/2018 - 08h27 - Atualizada em: 18/10/2018 - 09h12

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Apesar de ter sido contratado para a reta final do Campeonato Brasileiro, o novo técnico da Chapecoense disse que espera continuar no clube para o ano que vem. Claudinei Oliveira foi apresenta oficialmente na manhã desta quinta-feira e falou sobre o trabalho que começa na Chape em entrevista coletiva.

- Não vim para fazer só nove jogos, vim para fazer mais de 100 jogos, confio que farei um bom trabalho e vou ficar – afirmou.

Claudinei reconheceu que não conseguiu ter um bom desempenho no Paraná Clube, mas que no Sport, outro time que trabalhou nesta Série A, deixou o time quando estava na 14ª colocação. Por ser "uma pessoa de não se omitir", aceitou o convite para dirigir o clube catarinense. Ainda acrescentou que a credibilidade da Chapecoense é grande e confia no potencial do grupo.

- Penso que não é questão de atitude, mas talvez uma forma diferente de fazer as coisas. Não vi falta de atitude, o time virou contra o Atlético Paranaense, contra o Inter. Claro que a derrota para o Vitória é doída, mas pretendo resgatar a autoconfiança, a auto-estima e isso já é meio caminhão andado. Com uma equipe organizada, 100% focada e comprometida podemos fazer um bom trabalho – declarou.

Na sua chegada o técnico disse que encontrou um bom ambiente no vestiário, reencontrou o zagueiro Neto, com quem trabalhou no Santos. Além do defensor que busca voltar ao futebol ele conhece alguns jogadores, lembrou que no ano passado enfrentou seis vezes a Chapecoense e sabe a forma do clube jogar. Claudinei Oliveira pretende manter a característica forjada pelo clube, de contar com times guerreiros e que lutam até o fim.

A estreia do treinador na área técnica da Chapecoense será no domingo, diante do Cruzeiro. Independente do título da Copa do Brasil pelo próximo adversário na Série A, Claudinei quer vencer logo de cara. Para isso, vai formar a equipe com as informações repassadas pelas pessoas que trabalham com elenco principal da Chape.

Quanto a Wellington Paulista, disse que não conversou sobre o atleta com a diretoria. Inicialmente, ele não conta com o atleta por estar afastado. O presidente do clube, Plínio David De Nes Filho, ressaltou que o atacante segue com o grupo Sub-23.

Leia mais notícias sobre a Chapecoense

Deixe seu comentário:

publicidade